*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Fevereiro 09 2011

 

 

Aqueles membros da sociedade humana que são inteligentes devem abandonar a causa original da lamentação, ilusão, medo, ira, apego, pobreza e trabalho desnecessário. A causa de todas essas aflições é o desejo de prestígio e dinheiro desnecessários.


Aqueles que são considerados materialmente poderosos e ricos vivem cheios de ansiedade por causa das leis governamentais, dos ladrões e assaltantes, dos inimigos, dos membros familiares, dos animais , dos pássaros, das pessoas que buscam caridade, do inivitável fator tempo e inclusive por causa deles mesmos. Assim, eles invariavelmemte estão com medo.


Devido ao apego ao dinheiro, o rico tem medo até de si mesmo. Ele teme ter guardado seu dinheiro de maneira insegura ou teme cometer algum erro. Como se não bastassem o governo e seu imposto de renda e também os ladrões, os próprios parentes de um homem rico vivem pensando em como aproveitar-se dele e tirar-lhe o dinheiro. As vezes, esses parentes são descritos como "ladrões e assaltantes disfarçados de parentes". Portanto, não é preciso acumular riqueza ou empenhar-se excessivamente na tentativa de ganhar cada vez mais dinheiro. O verdadeiro propósito da vida é perguntar "Quem sou eu?" e entender o eu. Todos devem procurar entender a posição da entidade viva neste mundo material e esforçar-se por retornar ao lar, retornar ao Supremo.


Alguém que está contente e satisfeito e que estabelece um elo entre as suas atividades e a Suprema Personalidade de Deus presente nos corações de todos desfruta de felicidade transcendental sem se esforçar por sua subsistência. Como encontrar essa felicidade em um materialista que é impelido pela luxúria e cobiça e que, portanto, divaga por todas as direções com o desejo de acumular riqueza?


Para alguém que usa sapatos adequados em seus pés, não há perigo mesmo que ele caminhe sobre seixos e espinhos. Para ele, tudo é auspicioso. Igualmente, para alguém que é sempre auto satisfeito, não há infelicidade; de fato, ele se sente feliz em toda parte.Entretanto, alguém que é arrastado pelos sentidos, especialmente pela língua e pelos orgãos genitais, deve assumir a posição de um cão doméstico para satisfazer os seus sentidos.


Devido à ganância de satisfazer os sentidos, a força espiritual, a educação, a austeridade e a reputação daquele que julga estar no caminho certo e que não é auto-satisfeito minguam, e seu conhecimemto aos poucos se esvai.

 


 

Os fortes desejos e demandas corpóreos de alguém pertubado pela fome e pela sede decerto são satisfeitos quando ele come. Do mesmo modo, se alguém se torna muito irado, esta ira é satisfeita com o castigo e sua reação. Mas no que diz respeito à cobiça, mesmo que uma pessoa cobiçosa tenha conquistado todas as direções do mundo ou tenha desfrutado de todas as coisas do mundo, ainda assim, ela não ficará satisfeita.


Muitas pessoas com diversas experiências, muitos conselheiros legais, muitos intelectuais eruditos e muitas pessoas elegíveis a tornarem-se presidentes de assembléias cultas caem na vida infernal porque não se satisfazem com as posições alcançadas devido a sua prepotência.


Fazendo planos com determinação, a pessoa deve abandonar os desejos luxuriosos de gozo dos sentidos. Igualmente, abandonando a inveja, ela deve dominar a ira; discutindo as desvantagens a que se submete todo aquele que acumula riquezas, ela deve abandonar a cobiça; discutindo a verdade, ela deve abandonar o medo.


Comentando acerca do conhecimento espiritual, a pessoa pode superar a lamentação e a ilusão; servindo e indagando a um mestre espiritual autentico, ela pode perder todo o orgulho; mantendo-se silenciosa, pode evitar os obstáculos no caminho da meditação através da yoga mística; e pelo simples fato de cessar o gozo dos sentidos, ela pode dominar a inveja.


Através do bom comportamento e livrando-se da inveja, a pessoa deve anular os sofrimentos causados por entidades vivas; através da meditação em transe, ela deve anular os sofrimentos acarretados pela providência; e através da prática da hatha yoga, ela deve extinguir os sofrimemtos produzidos pelo corpo e pela mente. De maneira semelhante, desenvolvendo o modo da bondade, especialmente no que diz respeito aos hábitos alimentares, ela deve vencer o sono.


A pessoa deve vencer os modos da paixão e ignorância, desenvolvendo o modo da bondade, e então deve desapegar-se do modo da bondade, promovendo-se à plataforma de bondade pura. Caso ela se ocupe a serviço do mestre espiritual com fé e devoção, poderá conseguir isto automaticamemte. Dessa maneira, ela poderá superar a influência dos modos da natureza material.


O mestre espitual deve ser considerado como sendo diretamente o Senhor Supremo porque ele dá conhecimento trancendental que ilumina. Consequentemente, para todo aquele que defende o conceito material de que o mestre espiritual é um ser humano comum, tudo acaba fracassando. Sua iluminação e seus estudos e conhecimento das escrituras sagradas são como o banho do elefante.


Os princípios gerais a serem seguidos por todos os seres humanos são descritos a seguir;

Veracidade, misericórdia, austeridade, (observar jejum em certos dias do mês) banhar-se duas vezes ao dia, tolerância, distinguir entre o certo e o errado, controle dos sentidos, não-violência, celibato, caridade, leitura das escrituras, simplicidade, satisfação, prestar serviço às pessoas santas, deixar gradualmente as ocupações desnecessárias, perceber quão fúteis são as atividades desnecessárias da sociedade humana, permanecer silencioso e grave e evitar conversas inúteis, analisar se a pessoa é e o corpo ou a alma, dstribuição equânime de alimento para todas as entidades vivas (tanto para os homens quanto para os animais), ver toda alma (especialmente sob a forma humana) como parte do Senhor Supremo, ouvir sobre as atividades e instruções da Suprema Personalidade de Deus (que é o refúgio das pessoas santas), glorificar essas atividades e instruções, sempre lembrar-se dessas atividades e instruções, procurar prestar serviço, executar adoração, oferecer reverências, tornar-se servo, tornar-se amigo e render-se inteiramente.

Essas trinta qualificações devem ser adquiridas na forma de vida humana. Pelo simples fato de adquiri-las, a pessoa pode satisfazer a Suprema Personalidade de Deus. 

5489717_0PI30.gif

publicado por Lalanesha Dasa às 20:29

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )