*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Abril 29 2015

FotoFlexer_Photo.jpg

5527216_NoRly.png

Quem aceita orientação superior e age em consciência de Krishna tem a mente estabelecida firmemente no Eu Supremo e assim o caminho de volta ao lar sera concluido.

Aquele cuja felicidade é interior, que é ativo e se regozija dentro de si, e cujo meta é introspectiva, é de fato o místico perfeito. Ele libera-se no Supremo e por fim alcança o Supremo. Aqueles que estão além das dualidades que surgem das dúvidas, cujas mentes estão voltadas para si, que vivem atarefados, trabalhando para o bem-estar de todos os seres vivos, e que estão livres de todos os pecados, alcançam a liberação no Supremo. 

Quem se ocupa em consciência de Krishna pode compreender de imediato sua identidade Espiritual, e depois passa a compreender o Senhor Supremo por meio do serviço devocional. Quando situado no serviço devocional, ele chega à posição transcendental, estando então qualificado a sentir a presença do Senhor na esfera das atividade. Esta posição específica chama-se liberação no Supremo.

E há também aqueles que, embora não sejam versados em conhecimento Espiritual, passam a adorar a Pessoa Suprema após ouvirem outros falarem a respeito dEle. Devido à sua tendência de ouvir as autoridades, eles também transcendem o caminho de nascimentos e mortes.

18091918_CepS2.png

5489717_0PI30.gif

5527216_NoRly.png

publicado por Lalanesha Dasa às 23:37

Abril 24 2015

FotoFlexer_Photo.jpg

5527216_NoRly.png

O Senhor Krishna, que manifestou Sua forma eterna aos olhos de todos sobre a terra, fez desaparecer Sua forma da vista daqueles que não eram capazes de vê-Lo_ tal qual como Ele é_ por não executarem a penitência requerida.

Todas as almas condicionadas no mundo material estão tentando satisfazer seus sentidos de várias maneiras, mas elas não conseguem fazê-lo porque é impossível satisfazer a partir de tais esforços. O exemplo do peixe fora d'água é muito apropriado. Se uma pessoa tira um peixe da água e o coloca na terra, nenhum prazer que se lhe ofereça pode fazê-lo feliz. A alma Espiritual só pode ser feliz na companhia do ser vivo Supremo, a Personalidade de Deus, e em nenhuma outra parte. Por Sua ilimitada misericórdia sem causa, o Senhor tem inumeráveis reinos no mundo Espiritual, e nesse mundo transcendental há um arranjo ilimitado para o prazer ilimitado de todas as entidades vivas.

O próprio Senhor vem até nós para mostrar Seus passatempos transcendentais, representados tipicamente em algum local que Ele mesmo determine como sendo o local do qual Sua representatividade fortaleça a todas as almas condicionadas. Ele só aparece para atrair as almas condicionadas de volta ao seu verdadeiro habitat ou seja de volta ao lar Supremo, ao mundo eterno sem sofrimentos e tampouco dilemas existenciais. Mas, por falta de piedade suficiente, as ditas almas condicionadas não se sentem atraídas por estes passatempos do Senhor Supremo. Krishna em Suas instruções através do Bhagavad-Gita, menciona que somente aqueles que ultrapassaram completamente o caminho da reacção pecaminosa é que podem se ocupar no transcendental serviço amoroso ao Senhor, ou seja, ao próprio Senhor Krishna. Todo o processo Védico de execuções ritualísticas consiste em colocar todas as almas condicionadas no caminho da piedade. Por manter-se estritamente fiel aos princípios estabelecidos para todas as ordens da vida social, uma pessoa pode alcançar as qualidades da veracidade, do controle da mente, do controle dos sentidos, da paciência, e tudo o mais que gere tal principio estabelecido, e assim pode ser elevada ao plano em que se presta serviço devocional puro ao Senhor, sem maculas de um possível passado inglório. E somente através desta visão transcendental que todos os nossos anseios materiais serão totalmente satisfeitos.

Quando o Senhor Krishna adveio a este mundo material, as pessoas das quais foram capazes de satisfazer seus anseios materiais por vê-Lo na perspectiva correcta foram assim incapazes de voltar com Ele para o Seu reino Espiritual. Mas as pessoas que não foram capazes de ver o Senhor tal qual como Ele é completamente, ou ter um pouco de esforço nesse sentido, permaneceram apegadas aos anseios materiais e assim não foram capazes de voltar ao lar, voltar ao Supremo. Ao desaparecer da vista de todos, o Senhor Krishna o fez em Sua forma eterna e original, como é declarado neste artigo. O Senhor Krishna partiu em Seu próprio corpo; Ele não deixou Seu corpo, como geralmente mal entendem as almas condicionadas. Esta declaração derrota a falsa propaganda daqueles que são infiéis, quando afirmam, que o Senhor desaparece igualmente como um ser comum. O Senhor Krishna aparece em Suas formas transcendentais muitas das vezes de uma maneira secreta, a fim de aliviar o mundo do fardo excessivo dos descrentes de Sua misericórdia sem causa, e, após fazer isso, Ele da mesma forma desaparece dos olhos do mundo pois sendo Ele onisciente, onipotente, e onipresente.

5527216_NoRly.png

5489717_0PI30.gif

5489717_0PI30.gif

publicado por Lalanesha Dasa às 17:25

Abril 15 2015

5527216_NoRly.png

Krishna diz:

Eu sou a meta, o sustentador, o senhor, a testemunha, a morada, o refúgio e o amigo mais querido. Sou a criação e a aniquilação, a base de tudo, o lugar onde se descansa e a semente eterna. Eu forneço calor e retenho e envio a chuva. Eu sou a imortalidade e sou também a morte personificada. Tanto o espírito quanto a matéria estão em Mim. 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O destino pelo qual todos os seres querem chegar, é Krishna, embora as pessoas não saibam disso. Quem não conhece Krishna segue a trilha errada, e sua marcha aparentemente progressiva é parcial ou alucinatória. Aproximar-se das diferentes energias de Krishna é aproximar-se de Krishna de maneira indireta. Todos devem aproximar-se de Krishna diretamente, pois isso poupará tempo e energia. Por exemplo, se existe a possibilidade de subir ao topo de um edifício com o auxílio de um elevador, por que alguém iria pelas escadas, degrau por degrau? Tudo repousa na energia de Krishna; portanto, sem o refúgio em Krishna nada pode existir. Krishna é o governante supremo porque tudo Lhe pertence e tudo existe em Sua energia. Krishna, estando situado nos corações de todos, é a testemunha Suprema. As residências, regiões ou planetas em que vivemos também são Krishna. Krishna é o abrigo final, e portanto todos devem abrigar-se em Krishha, seja para proteção, seja para mitigar suas misérias. E sempre que tivermos que aceitar proteção, é bom sabermos que nossa proteção deve ser uma força viva. Krishna é a entidade viva suprema. E como Krishna é a fonte da qual somos gerados, ou o pai supremo, ninguém pode ser um melhor amigo do que Krishna, nem tampouco pode alguém ser um melhor benquerente. Krishna é a fonte que origina a criação e o repouso último após a aniquilação. Krishna é, portanto, a eterna causa de todas as causas.

5527216_NoRly.png

 

5489717_0PI30.gif

publicado por Lalanesha Dasa às 23:01

Abril 04 2015

18211392_DuPHJ.jpeg

 O processo de meditação recomendado pelos grandes Mestres Espirituais da consciência de Krishna, é o da Bhakti Yoga ou prestação de serviço devocional ao Senhor. As coisas que são adquiridas artificialmente, desaparecem gradualmente junto com o processo da Bhakti Yoga. O tipo mais grosseiramente nefasto dos modos artificiais que ata a alma condicionada à existência material, é o desejo sexual, e este desejo sexual se desenvolve gradualmente na união entre macho e fêmea. Quando o macho e a fêmea se unem, o desejo sexual se agrava ainda mais com o acúmulo de bens materiais, com filhos, amigos, parentes e riquezas. Quando surge a necessidade de todas essas coisas, a alma condicionada no corpo material, fica dominada por tais embaraços, e o sentido falso de egoísmo, ou o sentido de "eu" e "meu", torna-se proeminente, e o desejo sexual se expande de tal forma que condiciona uma pessoa em varias ocupações politicas, sociais, altruístas, filantrópicas e em muitas outras ocupações não desejadas, semelhantes à espuma das ondas do mar, a qual se torna muito proeminente durante um curto período mas que logo a seguir desaparece tão rapidamente  quanto uma nuvem no céu. A alma condicionada num corpo material, está rodeada por tais produtos, como também pelos produtos do desejo sexual, e por isso a Bhakti Yoga conduz à evaporação gradual de tais desejos sexuais, que se resume em três títulos, a saber: lucro, adoração e distinção. Todas as almas condicionadas num corpo material andam loucas atrás destas diferentes formas de desejo sexual, e por isso nós mesmos poderemos notar o quanto temos nos livrado de tais ânsias materiais baseadas essencialmente no desejo sexual. Assim como uma pessoa sente sua fome abrandada à medida que vai comendo cada bocado de alimento, similarmente é preciso que ela seja capaz  de perceber o quanto tem se livrado do desejo sexual. O desejo sexual diminui juntamente com suas formas variadas através do processo de Bhakti Yoga, porque, pela graça do Senhor, a Bhakti Yoga resulta automática e efectivamente em conhecimento e renuncia, mesmo que uma pessoa tenha mantido contacto com o serviço devocional e não seja muito educada materialmente. Conhecimento significa conhecer as coisas como elas são; se, pela deliberação, a pessoa que adquiriu conhecimento verifica que há coisas que não são absolutamente necessárias, ela naturalmente descarta tais coisas não desejadas. Quando a alma condicionada descobre através do cultivo de conhecimento que as necessidades materiais são coisas não desejadas, ela se desapega de tais coisas não desejadas. Esta fase de conhecimento acontece quando nos desapegamos de coisas não desejadas. o s grandes Mestres Espirituais, sugerem algumas alternativas para a satisfação das necessidades básicas da vida, isto é, o problema do comer, do dormir e do abrigar-se, porem não sugerem nenhuma alternativa para a satisfação sexual. Portanto uma pessoa que ainda traz consigo o desejo sexual, não deve absolutamente tentar aceitar tais desapegos ou renuncias. A renuncia ou desapegos esta fora de cogitação para alguém que não tenha atingido tal fase de conhecimento sobre o significado da renuncia. De modo que através do processo gradual de serviço devocional  prestado ao Senhor sob a orientação de um Mestre Espiritual autêntico (e não um farsante que aceite discípulos somente para sua satisfação económica em suas artimanhas de progresso comunitário), e assim aceitando tais orientações Espirituais seguindo princípios das escrituras reveladas e sagradas autorizadas através dos Vedas e de toda a sua imensa gama de informação Espiritual, será preciso que sejamos capazes de pelo menos controlar o desejo sexual grosseiro antes de aceitarmos realmente uma vida de renuncia.

Assim purificação significa livrar-se gradualmente do desejo sexual grosseiro, coisa que, como se descreve na imagem acima, que podemos alcançar uma perfeita meditação meditando nos passatempos magnânimos do Senhor e do olhar de Seu Rosto sorridente. Não devemos tentar chegar artificialmente a um ponto mais alto sem que vejamos por nós mesmos o quanto temos nos libertado do desejo sexual. 

Devemos começar o processo de meditação a partir dos pés de lótus do Senhor e progredir até o rosto sorridente d'Ele. Devemos concentrar a meditação nos pés de lótus , em seguida nas barrigas da perna, depois nas coxas, e dessa maneira subindo cada vez mais. Quando mais fixa fica a mente nas diferentes partes de cada membro do corpo do Senhor, mais a inteligência se purifica.

Portanto tão logo nos livremos da intoxicação do prazer sexual por intermédio da purificação da inteligência, devemos avançar para a meditação seguinte, ou, em outras palavras, a progressão da meditação nos diferentes membros do corpo transcendental do Senhor deve ser intensificada em proporção com o progresso de purificação do coração. A conclusão é que aqueles que ainda estão presos na armadilha do desejo sexual não devem em hipótese alguma continuar em direcção à meditação acima dos pés do Senhor.

Existem inúmeras outras formas no contexto desta conclusão, porem por enquanto limita-se somente nesta que foi sugerida aqui como uma demonstração de apoio aos que querem aceitar a meditação transcendental ao Senhor Supremo Krishna.

5489717_0PI30.gif

FotoFlexer_Photo.jpg

5489717_0PI30.gif

publicado por Lalanesha Dasa às 20:15

Abril 02 2015

FotoFlexer_Photo.jpg

 A perfeição máxima da realização transcendental é ter prazer em meditar, ouvir e em descrever as qualidades transcendentais do Senhor. E é em glorificar o Senhor transcendental que se realiza o prazer transcendental verdadeiro. 

Uma pessoa totalmente responsável, deve por conseguinte estar sempre cônscio do dever primordial desta forma humana de vida. Pois as actividades para satisfazer as necessidades imediatas da vida material, não são tudo. Deve-se estar sempre atenta para a obrigação que se tem de alcançar a melhor situação numa próxima vida. Na vida humana, a meta é que se tenha uma posição em condições de executar este dever primordial. É preciso que se tenha a oportunidade de ter melhores desejos: caso contrario, não há possibilidade de abandonar tais desejos mórbidos, O desejo é um fator concomitante à entidade viva. A entidade viva é eterna, e por isso seus desejos, que são naturais de um ser vivo, também são eternos. por consequencia, não é possível parar de desejar, mas pode-se mudar o objectivo dos desejos. Portanto, deve-se desenvolver o desejo de regressar ao verdadeiro lar, de volta ao Supremo, e automaticamente os desejos de ganho material, honra material e popularidade material diminuirão em proporção com o desenvolvimento do serviço devocional. Um ser vivo está destinado  a actividades de serviço, e seus desejos centralizam-se em torno de tal atitude de serviço. Desde o mais elevado conceito social até o insignificante pedinte de rua, todos prestam alguma espécie de serviço a outras pessoas. Só se alcança a perfeição de tal atitude de serviço quando transferimos o desejo desse serviço da matéria para o Espírito e consequentemente transferindo todo o desejo de serviço para Deus.

FotoFlexer_Photo.jpg

publicado por Lalanesha Dasa às 17:00

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )