*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Maio 28 2015

image.jpg

A melhor maneira de superar todos os tipos de infelicidade é se lembrar de quem realmente somos: almas puras, parte de Krishna / Deus / Espírito. Temos inúmeras almas puras companheiras com quem estamos eternamente relacionados em vínculos inquebráveis de amor e devoção.

Como Krishna explica no Bhagavad-gita, a nossa consciência está agora “coberta” por “não-conhecimento” e podemos dissipar esta cobertura pelo conhecimento.

O Maha-mantra, “o grande mantra”, é: Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare / Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare.

“Hare” é uma invocação a “Hara”, a contraparte feminina de Krishna. Por cantar “hare”, apelamos ao poder supremo feminino para nos elevar espiritualmente e envolver-nos em serviço eterno do Senhor. A palavra “hare” vem da raiz “hR”, o que significa ‘tomar’. Assim, o poder supremo feminino, também conhecida como Radha, vai tirar todos os nossos problemas e nos levar para Krishna.

Krishna vem de duas raízes sânscritas verbais:1. krsh = “atrair”; 2. nand = “dar, ou sentir, bem-aventurança”. A palavra “a-nanda” tem esta mesma raiz. Assim, “Krishna” significa que Deus é a fonte de felicidade infinita, porque Ele é infinitamente atraente / bonito. Nós somos bonitos porque somos uma parte eterna da infinita beleza de Krishna.

Rama vem da raiz sânscrita “ram” que significa “gozar”. Rama significa “a fonte do prazer.” Há um texto em sânscrito que diz:
ramante yogino anante satyanande cid-atmaniiti rama-padenasau param brahmabhidhiyate

“Os yogues desfrutam da felicidade infinita da verdade, na alma consciente. Portanto, a Verdade Absoluta é descrita pela palavra Rama.”

Assim, o Maha-mantra fornece tudo para alcançarmos uma vida perfeita. Se você fizer deste mantra seu companheiro constante, você nunca estará sozinho. Um último ponto: a sabedoria védica ensina que a Verdade Absoluta é idêntica ao nome dEle /dEla. Então, quando você cantar o Maha-mantra, você não está apenas se referindo a algo, mas você está diretamente conectado, em contato, com a Verdade. Em sânscrito, a palavra para “contato” é yoga. Assim, entoando, cantando, lembrando-se e meditando neste mantra, você está diretamente em um estado de yoga, em contato direto com a fonte infinitamente bela de toda a felicidade. Por esse contato, você irá reviver e desfrutar da sua própria natureza divina e eterna. É só porque nossa natureza está agora coberta que experimentamos – artificialmente – tristeza, solidão, etc.

18091918_CepS2.png 

8063394_GzTob.jpeg

5527216_NoRly.png

publicado por Lalanesha Dasa às 20:59

Maio 27 2015

image.jpg

Muito embora seja o Senhor de todos os seguidores de diferentes caminhos de auto-realização, o Senhor Supremo, a Suprema Personalidade de Deus, só pode ser conhecido por aqueles que estão acima de todas as pretenções. Porque, Ele é a Superalma e o Senhor Supremo de todas as Almas auto-realizadas. Ele é a personificação dos Vedas, das escrituras religiosas e das austeridades.Ele é adorado por todos aqueles que são transcendentais a todas as pretenções.

 

FotoFlexer_Photo.jpg

 

Ó meu Senhor Krishna, oro para que o cisne de minha mente mergulhe imediatemente até os caules dos pés de lótus de Vossa Onipotência e se encerre no entrelaçamento deles.

publicado por Lalanesha Dasa às 20:09

Maio 16 2015

18091918_CepS2.png

image.jpg

5527216_NoRly.png

Aqueles que estão livres do falso prestígio, da ilusão e da falsa associação, que compreendem o eterno, que se enfastiaram da luxúria material, que estão livres das dualidades manifestas sob a forma de felicidade e sofrimento, e que com toda a lucidez sabem como se render à Pessoa Suprema, alcançam este reino eterno. 

Aqui se descreve de maneira bastante precisa o processo de rendição. A primeira qualificação é que não se deve estar iludido pelo orgulho. Porque a alma condicionada se envaidece, achando-se o dono da natureza material, é muito difícil que se renda à Suprema Personalidade de Deus. Pelo cultivo do verdadeiro conhecimento, devemos procurar saber que não somos os senhores da natureza material; a Suprema Personalidade de Deus é o Senhor. Ao livrarmo-nos da ilusão causada pelo orgulho, podemos começar o processo de rendição. Para quem vive na expectativa de obter alguma honra neste mundo material, não é possível render-se à Pessoa Suprema. O orgulho é devido à ilusão, pois, embora o homem venha para cá para permanecer por pouco tempo e então ir-se embora, ele tem a falsa impressão de que é o senhor do mundo. Com isso, ele complica tudo, e está sempre em dificuldades. O mundo inteiro gira sob esta noção. As pessoas consideram que este planeta Terra pertence à sociedade humana, e o dividiram sob a falsa impressão de que são os proprietários. Devemos nos livrar desta falsa idéia de que a sociedade humana é proprietária deste mundo. Ao libertar-se desta idéia errônea, o homem se livra de todas as falsas alianças propiciadas pelas afeições familiares, sociais e nacionais. Estas relações forjadas atam-no a este mundo material. Após esta fase, ele deve desenvolver conhecimento Espiritual e procurar conhecer aquilo que é realmente seu e aquilo que de fato não lhe pertence. E quando tem uma verdadeira compreensão das coisas, ele se livra de todas as concepções duais, tais como felicidade e sofrimento, prazer e dor. Ele se torna pleno em conhecimento; então lhe é possível render-se à Suprema Personalidade de Deus.

18091918_CepS2.png

image.jpg

5527216_NoRly.png

publicado por Lalanesha Dasa às 13:31

Maio 09 2015

image.jpg

 O Senhor Supremo é Aquele que vê todos os mundos, tanto materiais quanto os Espirituais transcendentais. Em outras palavras, o Senhor Supremo é o beneficiário e desfrutador último de todos os mundos, como esta confirmado através das escrituras reveladas, e como também o próprio Bhagavad-Gita da Sua verdadeira descrição. O mundo Espiritual é a manifestação da potência interna do Senhor Supremo, e o mundo material é a manifestação externa do Senhor Supremo. Além disso, todos os seres ou entidades vivas, constituem a potência marginal do Senhor Supremo, podendo, por sua própria escolha, viver tanto no mundo Espiritual, como no mundo material. Porem o mundo material, não é um lugar adequado para se viver, porque as entidades vivas Espiritualmente, são idênticas ao Senhor Supremo, sendo que, no mundo material as leis que vigoram, condicionam os seres vivos ao ponto de mantê-los aprisionados, num ciclo de vida vicioso. O Senhor Supremo, quer que todos os seres vivos, os quais são partes integrantes d'Ele, vivam com Ele eternamente no mundo Espiritual, e pode-se esclarecer isso através das escrituras Sagradas dos Vedas, onde os seres humanos como almas condicionadas, terão a oportunidade de compreender que a única forma de salvação, é voltar ao verdadeiro lar de volta ao Supremo de onde nunca mais se retornará ao mundo material. Porém, infelizmente embora as entidades vivas ou almas condicionadas, sofram continuamente as três classes de misérias, doença, velhice e morte, ainda assim não se preocupam acerca de voltar ao lar Supremo o mundo Espiritual. De uma forma ou de outra, deve-se ter a consciência de que o verdadeiro objectivo da vida humana, é manter uma relação favorável com o Senhor e ocupar-se no intercâmbio devocional para se restabelecer a relação, esquecida com o Senhor, caso se deseje realmente conseguir a verdadeira felicidade na vida, e recuperar, a natural condição de liberdade.

image.jpg 

publicado por Lalanesha Dasa às 17:30

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )