*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Outubro 24 2015

A Suprema Personalidade de Deus Krishna disse:

Meu querido Arjuna, porque você nunca Me inveja, Eu lhe transmitirei este ensinamento e compreensão muito confidenciais. E conhecendo-os, você ficará livre de todas as misérias da existência material.

image.jpeg

 À medida que continua a ouvir sobre o Senhor Supremo, o devoto se ilumina. Recomenda-se este processo de audição: “As mensagens da Suprema Personalidade de Deus são plenas em potências, e estas potências podem ser sentidas se os tópicos sobre a Divindade Suprema são discutidos entre os devotos. Isto não pode ser alcançado pela associação de especuladores mentais ou de estudiosos acadêmicos, pois é um conhecimento realizado”.

Os devotos se ocupam constantemente no serviço do Senhor Supremo. O Senhor entende a mentalidade e a sinceridade de uma entidade viva que esteja em consciência de Krishna, e lhe dá inteligência para entender a ciência de Krishna na associação dos devotos. As discussões a respeito de Krushna são muito potentes, e se alguém tem a boa fortuna dessa associação e tenta assimilar o conhecimento, então, na certa progredirá rumo à compreensão espiritual. O Senhor Krishna, a fim de estimular Arjuna a não parar de elevar-se no potente serviço ao Senhor, descreve-se nisto, os assuntos mais confidenciais dentre todos os que revelara até então.

Aqueles que estão situados no conhecimento mais confidencial acerca de Krishna, alcançam a transcendência e não tem mais angústias materiais, embora estejam no mundo material.

Sendo assim, a referência é que devemos nos acupar ao serviço devocional puro, que consiste em nove atividades diferentes: ouvir, cantar, lembrar, servir, adorar, orar, obedecer, manter amizade e entregar tudo. Pela prática destes nove itens do serviço devocional, elevamo-nos à consciência Espiritual, ou consciência de Krishna. Quando a contaminação material é expurgada do coração, podemos entender esta ciência de Krishna. A simples compreensão de que a entidade viva não é material é insuficiente. Este talvez seja o começo da percepção espiritual, mas deve-se reconhecer a diferença entre as atividades corpóreas e as atividades espirituais daquele que entende que não é seu corpo.

Este conhecimento é o rei da educação, o mais secreto de todos os segredos. É o conhecimento mais puro, e por conceder uma percepção direta do eu, é a perfeição da religião. Ele é eterno e é executado alegremente.

De um modo geral, não se ensina este conhecimento confidencial; há apenas educação do conhecimento convencional. Quanto à instrução comum, as pessoas envolvem-se em tantos departamentos: política, sociologia, física, química, matemática, astronomia, engenharia, etc. Existem muitos departamentos de conhecimento espalhados pelo mundo, e muitas universidades colossais, mas infelizmente não há nenhuma universidade ou instituição educacional onde se ensine a ciência da alma espiritual. No entanto, a alma é a parte mais importante do corpo; sem a presença da alma, o corpo não tem valor algum. Mesmo assim, as pessoas dão grande ênfase às necessidades físicas da vida, e não se importam com a alma vital.

Este conhecimento é a forma mais pura de todas atividades, como explica a literatura védica. A própria literatura Védica analisa as atividades pecaminosas do homem e mostra que elas são o resultado de pecados consecutivos. Aqueles que se ocupam em atividades fruitivas estão enredados em diferentes fases e formas de reações pecaminosas. Por exemplo, quando se planta a semente de uma determinada árvore, a árvore não parece crescer imediatamente; leva algum tempo. Primeiro, nasce um broto que depois assume a forma de árvore; em seguida, ela floresce e dá frutos, e, quando está completa, quem a semeou desfruta de suas flores e frutos. De modo semelhante, um homem executa um ato pecaminoso, e, como uma semente, leva tempo para este ato frutificar. Há diferentes etapas. Talvez o indivíduo tenha parado de cometer a ação pecaminosa, mas os resultados ou o fruto desta ação pecaminosa ainda não foram experimentados. Há pecados que ainda estão em forma de semente, e há outros que já amadureceram e estão dando fruto, que é experimentado como miséria e dor.

Quem eliminou por completo as reações de todas as atividades pecaminosas e ocupa-se plenamente em atividades piedosas, liberando-se da dualidade deste mundo material, passa a prestar serviço devocional à Suprema Personalidade de Deus, Krishna. Em outras palavras, aqueles que estão realmente ocupados no serviço devocional ao Senhor Supremo já se liberaram de todas as reações.

Para aqueles que se ocupam no serviço devocional à Suprema Personalidade de Deus, todas as reações pecaminosas — frutificadas, armazenadas, ou em forma de semente — desaparecem aos poucos. Portanto, a potência purificadora do serviço devocional é muito forte, isto é, a mais pura.  As atividades devocionais nunca devem ser consideradas materiais, embora às vezes tenha-se a impressão de que os devotos estão ocupados como homens comuns. Aquele que consegue ver e que está familiarizado com o serviço devocional saberá que tais atividades não são materiais, mas sim espirituais e devocionais, não estando contaminadas pelos modos da natureza material.

Está dito que a execução do serviço devocional é tão perfeita que se podem perceber diretamente os resultados. Pode-se perceber o resultado proveniente, e temos experiência prática de que, ao cantar os santos nomes de Krishna (“Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare"), não cometendo ofensas ao cantar, a pessoa sente um prazer transcendental e em breve purifica-se de toda a contaminação material. Isto é um fato comprovado. Ademais, se ele se ocupa não só em ouvir, mas também em tentar difundir a mensagem das atividades devocionais, ou se empenha em ajudar as atividades missionárias da consciência de Krishna, pouco a pouco experimenta progresso espiritual. Este aperfeiçoamento na vida espiritual não depende de nenhum tipo de instrução ou qualificação anterior. O próprio método é tão puro que é possível purificar-se pelo simples fato de ocupar-se nele.

image.jpeg 

5527216_NoRly.png

publicado por Lalanesha Dasa às 14:09

Outubro 20 2015

image.jpeg

 Krishna a Suprema Personalidade de Deus diz em Seus ensinamentos através do Bhagavad-Gita, que dentre muitos milhares de seres humanos comuns, talvez um desses seres afortunados, esforçar-se-á por alcançar a perfeição da vida humana. Pois na verdade na sua maioria, os seres humanos comuns, são conduzidos pelos modos da paixão e da ignorância, e assim sempre se envolvem com luxúria, desejo, ânsia, ignorância, e sono. 

Um ser vivo em sua posição constitucional normal é plenamente satisfeito em bem-aventurança Espiritual. Este estado de existência chama-se, estado de auto-satisfação. Esta auto-satisfação não é como a do tolo inactivo. Porque o tolo inactivo está no estado de total ignorância, ao passo que o auto-satisfeito é transcendental ao estado material de existência. Este estágio de perfeição do somente é alcançado tão logo nos fixemos no irrevogável serviço amoroso ao Senhor. Este serviço devocional amoroso ao Senhor, não é inactividade como alguns tolos especuladores criticam ao verem tanta amorosidade no serviço prestado ao Senhor, mas sim uma actividade imaculada da alma Espiritual.

A actividade da alma adultera-se em conctato com a matéria, e, como tal, as actividades doentias expressam-se sob a forma de luxúria, desejo, ânsia, inactividade, tolice e sono. Porém o efeito do serviço devocional amoroso, manifesta-se pela eliminação completa desses efeitos de paixão e ignorância. A pessoa auto-satisfeita porém fixa-se unicamente no modo da bondade, e faz avanço posterior para elevar-se à posição de um estado de Espírito puro. Pois somente neste estado de Espírito puro é que se pode sempre ver Krishna directamente, devido à afeição pura pelo Senhor.

Assim estabelecida no modo da bondade pura, a pessoa auto-satisfeita cuja mente tem sido vivificada pelo conctato directo com o serviço devocional amoroso ao Senhor, obtém verdadeiro conhecimento científico da Suprema Personalidade de Deus, no estágio que se liberta de todo conctato com a matéria. E assim, rompe-se o nó do coração, e todas as apreensões são cortadas em pedaços.  A corrente de ações fruitivas termina quando se vê a predominância do Eu. 

5527216_NoRly.png

nnnnnn.jpg

18091918_CepS2.png

publicado por Lalanesha Dasa às 18:31

Outubro 17 2015

image.jpeg

5527216_NoRly.png 

Krishna a Suprema Personalidade de Deus mesmo afirma, que sempre e onde quer que haja um declínio na prática religiosa, e uma ascensão predominante de irreligião — aí então Eu próprio descendo.

Portanto, todo e qualquer avatāra, ou encarnação do Senhor, tem uma missão específica, e todos são descritos nas escrituras reveladas. Não deve ser aceito como avatāra alguém a quem as escrituras não mencionam em nenhuma de suas passagens. O fato é que o Senhor não aparece apenas em um determinado lugar. Ele pode manifestar-Se em todo e qualquer lugar, e sempre que deseje aparecer. Em toda e qualquer encarnação, Ele fala sobre religião tudo aquilo que pode ser compreendido por um povo em particular sob circunstâncias específicas. Mas a missão é a mesma — conduzir as pessoas à consciência de Deus e à obediência aos princípios religiosos. Algumas vezes, Ele vem pessoalmente, e outras vezes Ele envia Seu representante genuíno sob a forma de Seu filho, ou servo, ou Ele mesmo advém em alguma forma disfarçada.

Os princípios do Bhagavad-Gita foram falados a Arjuna, e também a outras pessoas bem elevadas, porque, em comparação com as pessoas comuns em outras partes do mundo, ele era deveras avançado. Dois mais dois são quatro é um princípio matemático válido tanto na aula de aritmética do principiante como também na aula dos alunos adiantados. No entanto, existe matemática superior e inferior. Em todas as encarnações do Senhor, portanto, os mesmos princípios são ensinados, mas eles parecem superiores ou inferiores conforme variem as circunstâncias. Os princípios mais elevados da religião começam com a aceitação das quatro ordens e quatro estados da vida social. Todo o propósito da missão das encarnações é despertar a consciência de Krishna em toda a parte. Sob diferentes circunstâncias, esta consciência é manifesta ou imanifesta.

Krishna da Sua misericórdia sem causa quando diz:

Para libertar os piedosos e aniquilar os descrentes, bem como para restabelecer os princípios da religião, Eu mesmo venho, milênio após milênio.

“O avatāra, ou encarnação de Deus, desce do reino de Deus para manifestar-se no mundo material. E a forma específica da Personalidade de Deus que empreende essa descida chama-se encarnação, ou avatāra. Essas encarnações estão situadas no Mundo Espiritual, o reino de Deus. Ao descerem à criação material, elas assumem o nome de avatāra.”

O Senhor diz que Ele mesmo encarna em cada milênio. Isto indica que Ele também encarna na era de Kali Yuga na atual era em que vivemos. Porém nesta era atual, as pessoas, embora vivam por pouco tempo, empreendem uma amarga luta pela sobrevivência. Se as pessoas não levam a sério a auto-realização através de meios simples e práticos suas vidas serão extremamente amargas e cruéis, pois nesta era atual é uma era de desavenças e hipocrisia, e o único meio de liberação é cantar o santo nome do Senhor. Não há outra maneira. Não há outra maneira. Não há outra maneira.

“Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare"

image.jpeg

5527216_NoRly.png

publicado por Lalanesha Dasa às 16:41

Outubro 09 2015

5527216_NoRly.png

image.jpeg 

5527216_NoRly.png

 As pessoas auto-controladas que são apegadas ao Supremo Senhor Krishna podem abandonar subitamente o mundo do apego material, incluindo o corpo grosseiro juntamente com a mente sutil, e podem partir para alcançar a perfeição máxima da ordem de vida renunciada, e consequentemente não-violência e renúncia.não

Somente pessoas auto-controladas podem apegar-se gradualmente à Suprema Personalidade de Deus. Auto-controlado significa não inclinado ao gozo dos sentidos desnecessariamente. E aqueles que não são auto-controlados entregam-se ao gozo dos sentidos. A especulação filosófica seca também é um gozo dos sentidos produzido pela mente sutil. O gozo dos sentidos nos conduz ao caminho da escuridão. Aqueles que são auto-controlados podem determinadamente progredir no caminho da liberação da vida condicionada da existência material. Os Vedas, portanto, prescrevem que não devemos trilhar o caminho da escuridão, senão que devemos realizar marcha progressiva rumo ao caminho da luz, ou liberação. Na verdade, o auto-controle não é alcançado por restringimos os sentidos artificialmente do gozo material, mas por tornarmo-nos verdadeiramente apegados ao Senhor Supremo ocupando nossos sentidos imaculados no transcendental serviço ao Senhor. Os sentidos não podem ser restringidos à força, mas podem receber ocupação adequada, os sentidos purificados, portanto, estão sempre ocupados no transcendental serviço ao Senhor. Esse estágio perfectivo de ocupação sensorial chama-se Bhakti-Yoga. Assim, aqueles que se apegam aos meios da Bhakti-Yoga são realmente auto-controlados e podem abandonar rapidamente seu apego doméstico ou corpóreo em favor do serviço ao Senhor. Eles  são naturalmente qualificados com todos os bons atributos, tais como ausência de orgulho, liberação da vaidade, não-violência, tolerância, simplicidade, respeitabilidade, adoração, devoção e sinceridade. Todas estas qualidades divinas existem espontaneamente naqueles que trilham o caminho do Amor à Deus. Tais pessoas divinas, que são muito raras de se encontrar, estão sempre entregues ao serviço imaculado do Senhor. Essas pessoas divinas, são muito raras até entre aquelas almas liberadas. Real não-violência significa ausência de inveja. Neste mundo material todos tem inveja do próximo. Porém uma pessoa com atributos divinos, sendo completamente entregue ao serviço ao Senhor, é perfeitamente não-invejoso. Essa pessoa não-invejosa, ama todos os seres vivos em relação ao Senhor Supremo. Renúncia verdadeira significa perfeita dependência de Deus. Todo ser vivo é naturalmente dependente de alguém, porque esta é sua natureza. Na verdade, todos dependem da misericórdia do Senhor Supremo, mas quando nos esquecemos de nossa real relação com o Senhor, tornamo-nos dependentes das condições da natureza material. Renúncia significa renunciar à nossa dependência das condições da natureza material e assim nos tornarmos completamente dependentes da misericórdia do Senhor. Portanto, esse é o estágio devocional perfectivo mais elevado na Bhakti-Yoga, o verdadeiro processo de serviço devocional ao Senhor Supremo.

5489717_0PI30.gif

image.jpeg

5527216_NoRly.png 

publicado por Lalanesha Dasa às 21:50

Outubro 08 2015

 18091918_CepS2.png 

image.jpg

5527216_NoRly.png

 Prestando adoração ao Senhor, que é a fonte de todos os seres e que é onipenetrante, o homem pode atingir a perfeição através da execução de seu próprio trabalho.

Alguém que não consegue ficar um momento sequer sem consciência de Krishna não pára de pensar em Krishna vinte e quatro horas por dia, pois se ocupa no serviço devocional, ouvindo, cantando, lembrando, oferecendo orações, adorando, servindo aos pés de lótus do Senhor, prestando outros serviços, cultivando amizade e rendendo-se inteiramente ao Senhor. Todas essas atividades são muito auspiciosas e cheias de potência Espiritual, que propiciam a uma pessoa que se encontre na perfeita auto-realização, sendo assim seu único desejo de conseguir a associação da Suprema Personalidade de Deus. Esta pessoa sem dúvida não sente nenhuma dificuldade em aproximar-se do Senhor. Isto se chama yoga. Pela misericórdia do Senhor, esta pessoa jamais retorna a essa condição de vida material sempre orando pela misericordiosa proteção do Senhor. O Senhor ajuda a essa pessoa a alcançar a consciência de Krishna através da yoga, e, quando ele desenvolve plena consciência de Krishna, o Senhor o impede de cair numa vida condicionada miserável.

Neste mundo material, as pessoas recebem denominações ou classificações, mas, afinal de contas, este mundo não é um lugar onde se possa viver feliz. Afirma-se claramente que este mundo é temporário e cheio de misérias, e não serve para ser habitado por um cavalheiro sensato. A Suprema Personalidade de Deus declara que este mundo é temporário e cheio de misérias. Alguns filósofos especuladores, dizem que este mundo é falso, mas através do Bhagavad-Gita podemos compreender que o mundo não é falso; é temporário. Há uma diferença entre temporário e falso. Este mundo é temporário, mas existe outro mundo, que é eterno. Este mundo é miserável, mas o outro mundo é eterno e bem-aventurado.

Ninguém deve ficar neste mundo temporário, que é cheio de misérias. Todos devem refugiar-se no âmago da Suprema Personalidade de Deus para poderem ser eternamente felizes. O serviço devocional ao Senhor Supremo é o único processo pelo qual se podem resolver todos os problemas de todas as classes de homens. Todos devem, portanto, adotar a consciência de Krishna e tornar sua vida perfeita.

image.jpeg

publicado por Lalanesha Dasa às 19:04

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )