*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Outubro 15 2013

É bom que se saiba que todos os planetas flutuam no ar devido à energia do Senhor. O Senhor entra em cada átomo, em cada planeta e em cada ser vivo. Então, devido a esse ingresso, tudo se manifesta apropriadamente. Quando a alma espiritual está presente, um homem vivo pode flutuar na água, mas quando a centelha viva sai do corpo, o corpo morto afunda. É claro que, ao se decompor, ele flutua tal como a palha e outras coisas, mas logo que morre, o corpo se afunda na água. Igualmente, todos esses planetas estão flutuando no espaço, e isto se deve ao ingresso da suprema energia da Suprema Personalidade de Deus.  Sua energia está sustentando cada planeta, como se sustenta um punhado de pó. Se alguém segura um punhado de pó, não há possibilidade de o pó cair, mas se o jogar no ar, ele cairá. Do mesmo modo, esses planetas, que flutuam no ar, são na verdade segurados pela mão da forma universal do Senhor Supremo. Sob a acção de Sua força e energia, todas as coisas móveis e imóveis ficam em seus devidos lugares. Nos hinos védicos está dito que é por causa da Suprema Personalidade de Deus que o Sol brilha e os planetas se movem constantemente. Sem a participação dEle, todos os planetas se dispersariam, como poeira no ar, e pereceriam. Igualmente, é devido à Suprema Personalidade de Deus que a Lua nutre todos os vegetais. Devido à influência da Lua, estes vegetais se tornam deliciosos. Sem o luar, eles não podem crescer nem se tornar suculentos. A sociedade humana trabalha, vivendo confortavelmente e desfrutando o alimento fornecido pelo Senhor Supremo. Caso contrário, a humanidade não poderia sobreviver. Tudo se torna saboroso porque o Senhor Supremo põe em acção a influência da Lua.

Krishna a Suprema Personalidade de Deus em Seus ensinamentos no tratado do Bhagavad-Gita, diz;

Aqueles que conhecem o Espirito Supremo, alcançam este Supremo partindo do mundo durante a influência do deus do fogo, na luz, num momento auspicioso do dia, durante a quinzena da lua crescente ou durante os seis meses em que o Sol viaja pelo Norte.

Quando se mencionam o fogo, a luz, o dia e a quinzena da lua, deve-se compreender que presidindo todos eles há várias deidades que coordenam a passagem da alma. Ao chegar a hora da morte, a mente transporta a pessoa ao caminho de uma nova vida. Se ela deixar o corpo no momento indicado acima, quer de maneira fortuita, quer programada, é possível que alcance o Espírito Supremo. Os místicos que são avançados na prática de yoga, podem determinar o tempo e o lugar para abandonar o corpo. Outros não têm esse controle. Mas se acontecer de partirem num momento auspicioso, então, eles não voltarão ao ciclo de nascimentos e mortes; caso contrário, há toda a possibilidade de que tenham que retornar. Todavia, a pessoa em consciência de Krishna pura não teme retornar, mesmo que abandone o corpo num momento auspicioso ou inauspicioso, de maneira fortuita ou planejada. 


publicado por Lalanesha Dasa às 20:00

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )