*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Julho 10 2017

IMG_8082.JPG

  “As mensagens da Suprema Personalidade de Deus são plenas em potências, e estas potências podem ser sentidas se os tópicos sobre a Divindade Suprema são discutidos entre aquelas pessoas fiéis ao Seu propósito. Isto não pode ser alcançado pela associação de especuladores mentais ou de estudiosos acadêmicos, pois é um conhecimento realizado”.

O Senhor entende a mentalidade e a sinceridade de uma entidade viva que esteja em consciência de Krishna, e lhe dá inteligência para entender a ciência de Krishna na associação de pessoas dignas e fiêis. As discussões a respeito de Krushna são muito potentes, e se alguém tem a boa fortuna dessa associação e tenta assimilar o conhecimento, então, na certa progredirá rumo à compreensão Espiritual. 

"O próprio Senhor Krishna diz que este conhecimento é o rei da educação, o mais secreto de todos os segredos. É o conhecimento mais puro, e por conceder uma percepção direta do eu, é a perfeição da religião. Ele é eterno e é executado alegremente."

Neste contexto, o Bhagavad-Gītā é chamado o rei da educação porque é a essência de todas as doutrinas e filosofias já explicadas. De um modo geral, não se ensina este conhecimento confidencial; há apenas educação do conhecimento convencional. Quanto à instrução comum, as pessoas envolvem-se em tantos departamentos: política, sociologia, física, química, matemática, astronomia, engenharia, etc. Existem muitos departamentos de conhecimento espalhados pelo mundo, e muitas universidades colossais, mas infelizmente não há nenhuma universidade ou instituição educacional onde se ensine a ciência da alma espiritual. No entanto, a alma é a parte mais importante do corpo; sem a presença da alma, o corpo não tem valor algum. Mesmo assim, as pessoas dão grande ênfase às necessidades físicas da vida, e não se importam com a alma vital. 

Portanto, este conhecimento é a forma mais pura de todas atividades, como explica a literatura védica.

O Senhor Krishna também diz:

"Aqueles que não são fiéis neste processo de adquirir este conhecimento confidencial tampouco podem Me alcançar. Por isso, eles voltam a trilhar o caminho de nascimentos e mortes neste mundo material."

Infelizmente as pessoas infiéis não podem adotar este processo de conhecimento Espiritual. A fé neste conhecimento Espiritual consiste em se ter associação com pessoas de extrema fé nos ensinamentos que o Senhor Krishna transmite nas Escrituras Sagradas. As pessoas desafortunadas, mesmo depois que as grandes personalidades lhes fornecem toda a evidência contida nas Escrituras Sagradas, continuam sem ter fé em Deus. Elas são receosas e não podem fixar-se no serviço amoroso ao Senhor. Logo, a fé é um importantíssimo fator para o progresso em consciência de Krishna ou consciência de Deus. 

Pode-se dar exemplo a seguir:

“Regando a raiz da árvore, seus galhos, ramos e folhas se satisfazem, e suprindo comida ao estômago, satisfazem-se todos os sentidos do corpo. De modo semelhante, quem se ocupa no serviço transcendental ao Senhor Supremo satisfaz automaticamente todos os sentidos da vida.” Portanto, após ler o Bhagavad-Gītā, deve-se chegar prontamente à sua conclusão: desistir de todos os outros compromissos e adotar o serviço ao Senhor Supremo, a Personalidade de Deus. Fé é quando se está convencido desta filosofia de vida de Amor incondicional ao Senhor.

IMG_8080.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 20:28

Julho 08 2017

IMG_8078.JPG

 Um menino caminhava com seu pai e lhe perguntou:
Pai qual o tamanho de Deus?
Então o pai olhou para
O céu e viu um avião
Então perguntou ao filho:
Qual é o tamanho desse avião?
O menino respondeu:
É muito pequeno. Mal consigo vê-lo
Então o pai levou seu filho até a um
Aeroporto e, à medida que se aproximavam
Um avião que ele avistava parado lhe perguntou:
E agora, qual é o tamanho deste avião?
O menino respondeu:
Uau, papai, isso é enorme!
Então o pai lhe disse:
Agora meu filho, o tamanho de Deus depende
Do quão distante você esta dEle
Quanto mais você se aproximar dEle,
Maior e mais perto Ele estará em sua vida.
Entendeu meu filho ?

 

IMG_8073.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

 

publicado por Lalanesha Dasa às 21:08

Julho 07 2017

 

IMG_8036.JPG

Krishna é bem enfático quando diz no Bhagavad-Gīta capitulo 18, verso 38 a seguinte descrição, o que ocasiona numa pessoa quando envolvida numa paixão desenfreada:

"A felicidade que deriva do contato dos sentidos com seus objetos e que parece néctar no começo mas no final é um veneno diz-se que é da natureza da paixão."

Um rapaz se encontra com uma moça, e os sentidos impelem-no a vê-la, a tocá-la e a ter relação sexual com ela. No começo, isto pode ser muito agradável para os sentidos, mas no final, ou passado algum tempo, isto torna-se exatamente como veneno. Eles se separam ou pedem divórcio, e surge a lamentação, a dor, etc. Semelhante felicidade está sempre no modo da paixão. A felicidade derivada duma combinação dos sentidos e dos objetos dos sentidos é sempre uma causa de sofrimento e deve ser evitada a todo o custo.

Em outra passagem do mesmo Bhagavad-Gīta, Krishna, orienta aos Seus afortunados e atenciosos amados devotos com Suas instruções, que através dos objetos dos sentidos, a pessoa que os comtempla, desenvolve apego a eles, e de tal apego desenvolve a luxúria, e da luxúria surge a ira, e da ira, surge a completa ilusão, e da ilusão, a confusão da memória. Quando a memória está confusa, perde-se a inteligência, e ao perder a inteligência, cai-se de novo no poço da loucura material.

Alguém que não é consciente de Krishna sujeita-se a desejos materiais enquanto contempla os objetos dos sentidos. Os sentidos precisam de verdadeira ocupação, e se não estiverem ocupados no serviço transcendental amoroso ao Senhor, eles decerto procurarão ocupar-se a serviço do materialismo. Pois no mundo material, todos, incluindo as maiores personalidades estão sujeitos a isso  — sem mesmo precisar mencionar outros que de alguma maneira optam por atingir os planetas celestiais —todos sem exceção estão sujeitos à influência dos objetos dos sentidos, e o único método para sair deste labirinto da existência material é tornar-se consciente de Krishna ou consciente de Deus.

Como o próprio Senhor Krishna diz:

"Aquele que restringe seus sentidos, mantendo-os sob completo controle, e fixa sua consciência unicamente na Supremacia da Suprema Personalidade de Deus, é conhecido como um homem de inteligência estável."

Portanto, todo aquele que busca sua libertação deste tabernáculo material e ir de encontro ao seu veradeiro habitat ou seja, ao reino do qual nunca deveria ter saido que é justamente onde vive-se a plataforma de vida eterna sem nenhuma condição adversa aos seus verdadeiros motivos Espirituais, deve optar por seguir as instruções que estão estabelecidas nas escrituras sagradas por Deus, que revelam onde e como pode uma pessoa alcançar o verdadeiro objetivo da vida e realizar sua permanência neste mundo material, do qual foi colocada com a verdadeira intenção de ser resgatada desta fatídica contunuidade de sofrimentos dos quais não existe qualquer condição material que lhe possa ser agradavelmente salvadora.  

IMG_8037.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 15:11

Julho 05 2017

IMG_8022.JPG

 Esse é o verdadeiro sentido da amizade entregar tudo nas mãos do Senhor, e deixar que Ele coloque os meios necessários em nosso destino para que tudo que acontecer, seja uma vontade exclusiva do Senhor.

IMG_8002.JPG 

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 21:44

Julho 04 2017

IMG_8012.JPG

  Quem é consciente de Deus é um yogī perfeito; por meio de sua própria experiência pessoal, ele conhece a felicidade e a aflição de todos. O ser vivo sofre porque se esqueceu da relação existente entre ele e Deus. E ele passa a ser feliz quando conhece Deus como o desfrutador supremo de todas as atividades do ser humano, o proprietário de todas as terras e planetas, e o amigo mais sincero de todas as entidades vivas. O yogī perfeito sabe que a entidade viva condicionada aos modos da natureza material sujeita-se às três classes de misérias materiais porque se esqueceu da relação que existe entre ela e Deus. Porém o yogī perfeito o devoto tenta distribuir em toda parte o conhecimento acerca da natureza de Deus. Como o yogī perfeito tenta difundir a importância de tornar-se ele mesmo consciente de de Deus, ele é o melhor filantropo do mundo, e é o servo mais querido do Senhor. Em outras palavras, o devoto do Senhor sempre cuida do bem-estar de todas as entidades vivas, e dessa maneira ele de fato é o amigo de todos. Ele é o melhor yogī porque, ao desejar aperfeiçoamento na yoga, não pensa no benefício pessoal, mas busca ajudar os outros. Ele não inveja seus semelhantes, as entidades vivas. Este é o contraste entre um devoto puro do Senhor e um yogī interessado apenas em sua elevação pessoal. O yogī que se retirou para um lugar isolado a fim de meditar perfeitamente, talvez não seja tão completo como um devoto que está envidando todos os esforços para mostrar a cada homem acerca da divina consciência de Deus.

Deus portanto esta localizado no coração de todas as espécies de vida. Ele mantém a inteligência de cada ser vivo para que possa usufruir das inumeráveis e abundantes riquezas que a própria providência da natureza dispõe.

 Como o próprio Senhor Krishna enfatisa dizendo:

"O yogī perfeito é aquele que, através da comparação com o seu próprio eu, vê a verdadeira igualdade de todos os seres, quer se sintam felizes quer infelizes. Aqueles cujas mentes estão estabelecidas em igualdade e equanimidade já subjugaram as condições de nascimento e morte. Eles são perfeitos como o Espírito Supremo, e assim já estão situados no Supremo. Portanto os yogīs abandonando o apego, agem com o corpo, a mente, a inteligência e mesmo com os sentidos, com o único propósito de se purificarem."

Quem está em consciência de Deus decerto vê o Senhor  em toda a parte, e vê tudo em nEle. Talvez se tenha a impressão de que ele vê todas as diversas manifestações da natureza material, mas em todo e qualquer caso, o yogī perfeito por ser consciente da natureza de Deus, ele sabe que tudo é uma manifestação de Sua própria energia Suprema. Nada pode existir sem o aval da Personalidade de Deus. Portanto é o Senhor de tudo. Este é o princípio básico pra quem quer comprender sobre a ciência da consciência de Deus.

IMG_8006.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 20:33

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )