*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Maio 19 2017

IMG_7657.JPG

 No Bhagavad-Gīta capitulo 3, verso 31 Krishna a Suprema Personalidade de Deus diz:

"Aqueles que cumprem seus deveres de acordo com Meus preceitos e que sem inveja seguem fielmente este ensinamento livram-se do cativeiro das ações fruitivas."

O preceito da Suprema Personalidade de Deus, Krishna, é a essência de toda a sabedoria védica e, portanto, é eternamente verdadeiro em todas as circunstâncias. Deve-se ter fé firme neste preceito, sem invejar o Senhor. Um homem comum que tem fé firme nos eternos preceitos do Senhor, embora seja incapaz de executar tais ordens, liberta-se do cativeiro da lei do karma. Ao ingressar na consciência de Krishna, talvez ele não cumpra na íntegra os preceitos do Senhor, mas porque não se deixa abater por tal limitação e trabalha sinceramente sem se preocupar com derrota ou fracasso, na certa será promovido à etapa de consciência de Krishna pura.

Nesta mesmo capitulo o Senhor Krishna continua dizendo:

"Mesmo o homem de conhecimento age segundo sua própria natureza, pois cada qual segue a natureza que adquiriu dos três modos. O que a repressão pode alcançar?"

A não ser que se esteja situado na plataforma transcendental da consciência de Krishna, não é possível livrar-se da influência dos modos da natureza material, como o Senhor confirma no Sétimo Capítulo donBhagavad-Gīta (7.14). Portanto, nem mesmo a pessoa mais altamente instruída no plano mundano consegue sair do enredamento da ilusão (Maya) mediante o simples conhecimento teórico, ou através do processo que consiste em distinguir entre o corpo e a alma. Há muitos supostos espiritualistas que exteriormente se fazem passar por pessoas avançadas em ciência, mas no íntimo ou na vida particular estão sob total controle de determinados modos da natureza que eles são incapazes de superar. Do ponto de vista acadêmico alguém pode ser muito erudito, porém, devido à prolongada associação com a natureza material, ele permanece no cativeiro. A consciência de Krishna ajuda-nos a escapar do enredamento material, mesmo que estejamos ocupados nos deveres prescritos de acordo com a existência material. Portanto, sem estar em plena consciência de Krishna, ninguém deve abandonar seus deveres ocupacionais. Ninguém deve abandonar de repente seus deveres prescritos e tornar-se artificialmente um pretenso yogī ou transcendentalista. É melhor situar-se na própria posição e tentar alcançar a consciência de Krishna sob um treinamento superior. Assim, é possível libertar-se das garras da energia ilusória (Maya) de Krishna.

"O Senhor Krishna diz que há princípios que servem para regular o apego e a aversão relacionados com os sentidos e seus objetos. Ninguém deve ficar sob o controle deste apego e aversão, porque eles são obstáculos no caminho da auto-realização."

Por exemplo, o prazer sexual é uma necessidade para a alma condicionada e sob a licença dos laços matrimoniais permite-se o prazer sexual. Conforme os preceitos das escrituras, o homem está proibido de ter relações sexuais com qualquer outra mulher a não ser sua própria esposa. Ele deve considerar todas as outras mulheres como sua mãe. Mas apesar destes preceitos, o homem ainda continua interessado em ter relações sexuais com outras mulheres. Estas propensões devem ser refreadas, caso contrário, serão obstáculos no caminho da auto-realização. Enquanto alguém tiver um corpo material, permite-se que ele satisfaça as necessidades do corpo material, mas sob regras e regulações. Mesmo assim, não devemos ficar confiantes de que, aceitando essas concessões, tudo estará sob controle. Devemos seguir estas regras e regulações, sem nos apegarmos a elas, porque com a prática do prazer dos sentidos mesmo sob regulações poderemos extraviar-nos— da mesma forma que sempre há a possibilidade de um acidente, mesmo nas melhores estradas. Embora possa ser conservada mui cuidadosamente, ninguém pode garantir que não haverá perigo mesmo na estrada mais segura. O espírito do desfrute dos sentidos atua há muitíssimo tempo, através da associação material. Por isso, apesar do gozo regulado dos sentidos, existe toda possibilidade de uma queda; portanto, qualquer apego ao gozo regulado dos sentidos deve ser evitado por todos os meios. Mas o apego à consciência de Krishna, ou agir sempre no serviço amoroso a Krishna, faz com que nos desapeguemos de todo tipo de atividades sensórias. Portanto o verdadeiro propósito do desapego total a todos os tipos de apegos sensoriais esta em situar-se na plataforma da consciência de Krishna.

IMG_7577.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 21:01

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )