*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Abril 17 2014

 

A mente é tão forte e obstinada que, às vezes, supera a inteligência, embora o que se espera é que a mente seja subserviente à inteligência. Para um homem que vive o cotidiano e que tem de combater tantos elementos opositores, decerto é muito difícil controlar a mente. Valendo-se de artifícios, talvez a pessoa estabeleça mentalmente uma relação equilibrada com amigos e inimigos, mas em última análise homem nenhum no mundo pode agir assim, pois isto é mais difícil do que controlar o vento tempestuoso. 

 Supõe-se que a inteligência dirija a mente, mas a mente é tão forte e obstinada que muitas vezes domina até mesmo a própria inteligência da pessoa, assim como uma infecção aguda pode superar a eficácia do remédio. Presume-se que tal mente forte seja controlada pela prática de yoga, mas tal prática nunca é viável para uma pessoa que tem de enfrentar o mundo.

Com a ajuda de sua mente, a pessoa deve liberar-se, e não degradar-se. A mente é a amiga da alma condicionada, e é também a sua inimiga.

 No sistema de yoga, a mente e a alma condicionada têm uma importância especial. O propósito do sistema de yoga é controlar a mente e afastá-la do apego aos objectos dos sentidos. Enfatiza-se que a mente deve ser treinada de tal maneira que possa livrar a alma condicionada do lodaçal da ignorância. Na existência material, a pessoa sujeita-se à influência da mente e dos sentidos. De fato, a alma pura está enredada no mundo material porque a mente envolve-se com o falso ego, que deseja assenhorear-se da natureza material. Portanto, a mente deve ser treinada para que não se deixe atrair pelo brilho da natureza material, e aí então a alma condicionada conseguirá salvar-se. Não se deve cair vítima da atracção aos objectos dos sentidos. Quanto mais alguém se deixa atrair pelos objectos dos sentidos, mais se enreda na existência material. A melhor maneira de se desvencilhar é sempre ocupar a mente no cantar do Maha Mantra Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare ...

“Para o ser humano, a mente é a causa do cativeiro e a mente é a causa da liberação. A mente absorta nos objectos dos sentidos é a causa do cativeiro, e a mente desapegada dos objectos dos sentidos é a causa da liberação.” 

A finalidade de praticar a yoga óctupla é controlar a mente a fim de fazer dela uma aliada no cumprimento da missão humana. Se a mente não for controlada, a prática de yoga (para exibição) é mera perda de tempo. Quem não pode controlar a mente vive sempre com o maior inimigo, e assim arruína sua vida e a sua missão na vida . A posição constitucional do ser vivo é executar ordens superiores. Enquanto sua mente continuar um inimigo imbatível, ele terá de servir aos ditames da luxúria, ira, avareza, ilusão, etc. Mas quando conquista a mente, ele, por sua própria vontade, acata a ordem da Personalidade de Deus, que está situado no coração de todos. A verdadeira prática de yoga consiste em ver a Personalidade de Deus dentro do coração e então seguir Suas ordens. Para quem adota directamente a consciência de Krishna, a rendição perfeita às determinações impostas pelo Senhor é algo que advém com muita naturalidade.

Portanto,  deve-se ocupar a mente por completo em Krishna. Só então não restarão outras ocupações para agitar a mente.

publicado por Lalanesha Dasa às 22:40

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )