*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Junho 13 2015

image.jpg

Arjuna relacionava-se com o Senhor como amigo. É claro que há um abismo de diferença entre esta amizade e a amizade encontrada no mundo material. Esta amizade transcendental não é para qualquer um. É evidente que todos temos uma relação específica com o Senhor, e esta relação é instigada com a execução perfeita do serviço devocional. No nosso actual estado de vida, não apenas esquecemo-nos do Senhor Supremo, mas também esquecemo-nos de nossa relação eterna com Ele. Cada ser vivo, dentre os muitos, muitos bilhões e trilhões de seres vivos, tem uma relação específica com o Senhor eternamente. Isto se chama intercâmbio pessoal com o Senhor. Pelo processo do serviço devocional, pode-se reviver este intercâmbio, e nesta etapa alcança-se a perfeição da nossa posição constitucional. Arjuna era um devoto, e seu relacionamento com o Senhor Supremo era de pura amizade. 

1. Podemos ser um devoto em estado passivo;
2. Podemos ser um devoto em estado activo;
3. Podemos ser um devoto em amizade;
4. Podemos ser um devoto como pai e mãe;
5. Podemos ser um devoto como amante conjugal.

Deve-se notar como Arjuna aceitou as instruções dadas por Krishna no Bhagavad-Gita para que se possa seguir seu exemplo, e o modo como Arjuna aceitou esta mencionado da seguinte forma:

“Arjuna disse: Você é a Suprema Personalidade de Deus, a morada Suprema, o mais puro, a Verdade Absoluta. Você é a pessoa original, eterna e transcendental, o não-nascido, o maior. Todos os grandes sábios, mencionados nas escrituras Sagradas dos Vedas confirmam esta verdade referente a Você, e Você mesmo acaba de revelá-la para mim. Ó Krishna, aceito totalmente como verdade tudo o que Você me disse. Nem os semideuses, nem os demônios, ó Senhor, podem compreender Sua personalidade.”

Após ouvir a Suprema Personalidade de Deus falar o Bhagavad-Gita, Arjuna aceitou Krishna como o Espírito Supremo. Todo ser vivo é Espírito, mas o ser vivo Supremo, ou a Suprema Personalidade de Deus, é o Espírito Supremo. Krishna é o Supremo repouso ou a Suprema morada de tudo; Ele é puro, sem mácula de contaminação material; Ele é o desfrutador Supremo; Ele é, original; Ele é, transcendental; Ele é a Suprema Personalidade de Deus; o não-nascido; e o maior.

Então, alguém pode dizer que, como Krishna era seu amigo, Arjuna dizia-Lhe tudo isso para lisonjeá-lO, porém, com a intenção de dissipar este tipo de dúvida das mentes dos leitores do Bhagavad-Gita, Arjuna substancia tais exaltações, quando diz que Krishna é aceito como a Suprema Personalidade de Deus não só por ele, mas por todas as autoridades mencionadas nas Escrituras Sagradas dos Vedas. Estas grandes personalidades distribuem o conhecimento védico tal como é aceito por todos os grandes Mestres do Misticismo. Por isso, Arjuna diz a Krishna que aceita como inteiramente perfeito tudo o que Ele fala. “Aceito como verdade tudo o que Você diz”. Arjuna também diz que a personalidade do Senhor é muito difícil de entender, e que Ele não pode ser conhecido nem mesmo pelos grandes semideuses. Isto significa que o Senhor não pode ser conhecido nem mesmo por personalidades superiores aos seres humanos. Então, como pode um ser humano compreender o Senhor Shri Krishna sem tornar-se Seu devoto?

Portanto, o Bhagavad-Gita deve ser recebido num espírito de devoção. Ninguém deve ficar pensando que é igual a Krishna, tampouco deve-se pensar que Krishna é uma personalidade comum ou uma personalidade grandiosa. O Senhor Shri Krishna é a Suprema Personalidade de Deus. Assim, de acordo com as afirmações do Bhagavad-Gita ou as declarações de Arjuna, para alguém que esteja tentando compreender o Bhagavad-Gita, deve-se ao menos em teoria aceitar Shri Krishna como a Suprema Personalidade de Deus, e com este espírito submisso pode-se então compreender o Bhagavad-Gita. Quem não lê o Bhagavad-Gita como Ele É num espírito submisso terá muita dificuldade em compreender o Bhagavad-Gita, porque ele é um grande mistério.

O caminho dos princípios reguladores segundo as ordens da vida social e os diferentes métodos de religião talvez seja um caminho confidencial de conhecimento. Mas embora os rituais religiosos sejam confidenciais, a meditação e o cultivo de conhecimento são ainda mais confidenciais. E render-se a Krishna em serviço devocional em plena consciência de Krishna é a instrução mais confidencial. Esta é a essência de toda a mensagem através das instruções que Krishna da a Arjuna no Seu Bhagavad-Gita a canção do Senhor.

5527216_NoRly.png

image.jpg

publicado por Lalanesha Dasa às 18:29

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )