*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Dezembro 26 2016

IMG_6143.JPG

 Tal yogī que se ocupa no serviço de adoração à Superalma, sabendo que Krishna e a Superalma såo a mesma pessoa Suprema, sempre permanecerá unido em Krishna em todas as circunstâncias.

O yogī que pratica a meditação na Superalma vê dentro de si a porção plenária de Krishna como Vishnu — com quatro mãos, segurando o búzio, disco, maça e flor de lótus. O yogī deve saber que Vishnu não é diferente de Krishna. Krishna, nesta forma da Superalma, está situado no coração de todos. Ademais, não há diferença entre as inúmeras Superalmas presentes nos inúmeros corações das entidades vivas. Nem existe diferença entre alguém consciente de Krishna sempre ocupado no serviço transcendental amoroso a Krishna e um yogī perfeito ocupado em meditar na Superalma. O yogī em consciência de Krishna — embora possa ocupar-se em várias atividades enquanto está na existência material — sempre permanece situado em Krishna.

“Concentrando-se a atenção na forma transcendental de Krishna, que é onipenetrante e está além do tempo e do espaço, a pessoa fica absorta em pensar em Krishna e então alcança o estado feliz no qual desenvolve associação transcendental com Ele.”

A consciência de Krishna é a etapa mais elevada do transe na prática de yoga. Esta mesma compreensão de que, como Superalma, Krishna está presente no coração de todos, torna o yogī imaculado.

"Embora seja um, o Senhor, como se fosse muitos, está presente em inúmeros corações."

"Vishnu é um só, e ainda assim Ele é certamente onipenetrante. Através de Sua potência inconcebível, apesar de Sua forma única, Ele está presente em toda parte, assim como o Sol aparece em muitos lugares ao mesmo tempo.”

O yogī perfeito é aquele que, através da comparação com o seu próprio eu, vê a verdadeira igualdade de todos os seres, quer se sintam felizes quer infelizes.

Quem é consciente de Krishna é um yogī perfeito; por meio de sua própria experiência pessoal, ele conhece a felicidade e a aflição de todos. O ser vivo sofre porque se esqueceu da relação existente entre ele e Deus. E ele passa a ser feliz quando conhece Krishna como o desfrutador supremo de todas as atividades do ser humano, o proprietário de todas as terras e planetas, e o amigo mais sincero de todas as entidades vivas. O yogī perfeito sabe que a entidade viva condicionada aos modos da natureza material sujeita-se às três classes de misérias materiais porque se esqueceu da relação que existe entre ela e Krishna. E porque é feliz, o devoto consciente de Krishna tenta distribuir em toda parte o conhecimento acerca de Krishna. Como o yogī perfeito tenta difundir a importância de tornar-se consciente de Krishna, ele é o melhor filantropo do mundo, e é o servo mais querido do Senhor. O devoto do Senhor sempre cuida do bem-estar de todas as entidades vivas, e dessa maneira ele de fato é o amigo de todos. Ele é o melhor yogī porque, ao desejar aperfeiçoamento na yoga, não pensa no benefício pessoal, mas busca ajudar os outros. Ele não inveja seus semelhantes, as entidades vivas. 

IMG_5954.JPG

image.jpeg

publicado por Lalanesha Dasa às 22:08

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )