*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Junho 06 2015

18091918_CepS2.png

image.jpg

 Como Supremo mestre do mundo, o Senhor Krishna condena a atitude de Arjuna, que disse: “Não vejo benefício algum nesta luta. Ela proporcionará a habitação perpétua no inferno”. Essas afirmações de Arjuna deviam-se apenas à ignorância. Ele queria tornar-se não-violento no cumprimento de seu dever específico. Para um guerreiro como Arjuna, estar no campo de batalha e praticar não-violência é filosofia de tolos. Nos elaborados textos das escrituras sagradas dos Vedas, afirma-se que é dever de um guerreiro proteger os cidadãos de todas as espécies de dificuldades, e por esta razão há casos apropriados em que ele tem de aplicar a violência para manter a lei e a ordem. Portanto, a ele compete vencer os soldados inimigos, e assim, com princípios religiosos, ele deve governar o mundo.”

Considerando todos os aspectos, Arjuna não tinha razão de evitar a luta. Se vencesse os inimigos, desfrutaria do reino; e se morresse na batalha, iria elevar-se aos planetas celestiais, cujas portas estavam escancaradas para ele. A luta seria vantajosa para ele em ambos os casos. 

 Arjuna era um guerreiro famoso, e obteve fama combatendo muitos semideuses grandiosos, incluindo o Senhor Shiva. Após enfrentar e derrotar o Senhor Shiva que estava vestido de caçador, Arjuna agradou o senhor e recebeu como recompensa uma arma chamada pashupata-astra. Todos sabiam que ele era um grande guerreiro. Até o grande Mestre de artes marciais Dronacharya lhe deu bênçãos e presenteou-o com uma arma especial com a qual poderia matar até mesmo seu mestre. Assim, ele recebeu muitos certificados militares de muitas autoridades, incluindo seu pai genitor Indra, o rei dos céus. Mas se ele fugisse da batalha, não apenas negligenciaria seu dever específico de guerreiro, mas perderia toda a sua fama e bom nome e então prepararia sua estrada real para o inferno. Em outras palavras, ele iria para o inferno, não por combater, mas por retirar-se da batalha.

 Krishna disse a Arjuna:

 As pessoas sempre falarão de sua infâmia, e para alguém respeitável, a desonra é pior do que a morte.

 Seja como amigo ou filósofo, o Senhor Krishna agora dá para Arjuna Seu julgamento final quanto ao fato de Arjuna recusar-se a lutar. O Senhor diz: “Arjuna, se você deixar o campo de batalha antes mesmo do combate começar, as pessoas irão chamá-lo de covarde. E se você acha que, apesar das pessoas xingarem-no, você salvará sua vida fugindo do campo de batalha, então Meu conselho é que seria melhor você morrer em combate. Para um homem respeitável como você, a má fama é pior do que a morte. Então, você não deve fugir, temendo por sua vida; é melhor que morra em combate. Isto o livrará da má fama de que você abusou da Minha amizade e você não perderá seu prestígio social”.

Em Sua opinião final, o Senhor disse que era preferível que Arjuna morresse na batalha a retirar-se da luta.

5527216_NoRly.png

5489717_0PI30.gif

image.jpg

18091918_CepS2.png

publicado por Lalanesha Dasa às 20:29

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )