*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Julho 20 2017

IMG_8167.JPG

 O “conhecimento” do homem comum sempre está no modo da escuridão ou ignorância porque na vida condicionada todos os seres vivos nascem no modo da ignorância. Aquele cujo conhecimento não é obtido das autoridades ou dos preceitos das escrituras tem um conhecimento que se limita ao corpo. Ele não está interessado em agir segundo as direções das escrituras. Para ele Deus é o dinheiro, e conhecimento significa satisfazer as necessidades corpóreas. Semelhante conhecimento não tem relação alguma com a Verdade Absoluta. É basicamente igual ao conhecimento dos animais comuns: ter conhecimento de que todos devem comer, dormir, defender-se e acasalar-se. Aqui se descreve que esse conhecimento é um produto do modo da escuridão. Em outras palavras, o conhecimento referente à Alma Espiritual que está situada além deste corpo chama-se conhecimento no modo da bondade; o conhecimento que por força da lógica mundana e da especulação mental produz muitas teorias e doutrinas é um produto do modo da paixão; e diz-se que está no modo da ignorância o conhecimento que só se refere ao conforto físico. 

Por outro prisma Krishna também diz:

"Aquele que executa seu dever sem entrar em contato com os modos da natureza material, sem falso ego, com grande determinação e entusiasmo, e sem se deixar levar pelo sucesso ou pelo fracasso diz-se que é um trabalhador no modo da bondade."

A pessoa que executa seus deveres estando convicta de sua relação com Deus, consciente de que Ele sempre estará mantendo Sua benevolência Suprema, é sempre transcendental aos modos da natureza material. Ela não fica na expectativa dos resultados do trabalho que lhe foi confiado, porque está acima do falso ego e do orgulho. Mesmo assim, é sempre entusiasta até o término de cada obra. Ele não se preocupa com as dificuldades a que se submete e está sempre entusiasmada. Não liga a sucesso ou fracasso; é igual tanto no sofrimento quanto na felicidade. Tal trabalhador com toda a certeza está situado no modo da bondade.

"Krishna neste mesmo segmento explica, que a pessoa sábia tendo uma inteligência que o purifica e controlando a mente com determinação, abandonando os objetos do gozo dos sentidos, estando livre do apego e do ódio, aquele que vive num lugar isolado, que come pouco, que controla seu corpo, mente e o poder da fala, que está sempre em transe e que é desapegado, livre do falso ego, da falsa força, do falso orgulho, da luxúria, da ira e que deixou de aceitar coisas materiais, que está livre da falsa idéia de propriedade e é pacífico — este com certeza elevou-se à mais elevada  posição de auto-realização Espiritual."

Quando tem uma inteligência que o purifica, a pessoa se estabelece no modo da bondade. Assim, ela passa a controlar a mente e vive em transe. Ela não se apega aos objetos do gozo dos sentidos, e em suas atividades não há apego nem ódio. Tal pessoa desapegada naturalmente prefere viver num lugar isolado, come apenas o necessário e controla as atividades de seu corpo e de sua mente. Ele não tem falso ego porque não aceita o corpo como sendo ela mesma. Tampouco deseja tornar o corpo gordo e forte aceitando tantos artigos materiais. Porque não está sob o conceito de vida corpórea, não sente falso orgulho. Ela se satisfaz com aquilo que lhe é oferecido pela graça do Senhor, e nunca fica irada só porque não obtém gozo dos sentidos. Tampouco se esforça por adquirir os objetos dos sentidos. Logo, ao livrar-se totalmente do falso ego, ela se desapega de todas as coisas materiais, e esta etapa de auto-realização é a fase onde se encontra com a Supremacia de Deus ou o Espírito Supremo. E ao livrar-se da concepção de vida material, ela automaticamente se torna pacífica e ninguém consegue agitá-la. Isso esta bem explicado no Bhagavad-Gītā capítulo 2, Verso 70, onde específica:

“Só quem não se perturba com o incessante fluxo de desejos — que são como rios que entram no oceano, que está sempre sendo enchido mas sempre permanece calmo — pode alcançar a paz, e não aquela pessoa que luta para satisfazer tais desejos.”

Portanto manter a mente e inteligência sempre sóbria, e se esforçar em adquirir o conhecimento transcendental necessário para que a pessoa mantenha-se num patamar de bem-aventurança Espiritual, significa resolver todos os dilemas que ora venham ocorrer.

IMG_8160.JPG

A5F90DCE-CFD1-4FB6-965D-CD122FB45686-225-000000105

publicado por Lalanesha Dasa às 21:43

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )