*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Dezembro 20 2014

Os locais onde Krishna e Balarama tinham Seus passatempos infantis, em Vraja-dhama (Vrindavan) estavam decorados com todas as qualidades agradáveis da primavera.

Ceta vez, Krishna e Balarama, acompanhados de Seus amigos, brincavam, dançavam e cantavam. Subitamente, apareceu um demônio chamado Pralambasura, disfarçado de vaqueirinho, e assim disfarçadamente, misturou-se junto aos vaqueirinhos Que não foram capazes de perceber o seu disfarce.

Todavia, tanto o Onisciente Senhor Krishna como Seu irmão mais velho Balarama compreenderam Que o novo "visitante" era de fato, um demônio disfarçado. A fim de matá-Lo, Krishna o aceitou como amigo. Então, todos os vaqueirinhos dividiram-se em dois grupos a fim de dar início a suas brincadeiras .

 

Krishna era o líder de um grupo ao passo que Balarama era o líder do outro grupo. O jogo consistia da seguinte maneira: o time que perdesse teria que carregar os vaqueirinhos vencedores nas costas. "O jogo começou, Sridama e Vrishabha, que jogavam no grupo de Balarama, foram os vitoriosos. Consequentemente, Krishna teve que carregar Sridama ao passo que, Bhadrasena teve Que carregar Vrishabha. No outro lado, Balarama derrotou Pralambasura Q pensando evitar Krishna, escolhera ficar em Seu time. Portanto, Pralambasura também teve Que carregar Balarama. Rapidamente, ele colocou Balarama em seus ombros, cuidando para Que nenhum dos vaqueirinhos o vissem levando O seu amo.

Balarama, compreendendo as razões maléficas do demônio Pralambasura, fez com Que o Seu peso aumentasse de forma brusca para Que desta forma, Pralambasura não conseguisse tolerar o Seu peso e assim, O colocasse no chão. Pralambasura, disfarçado de vaqueirinho, assumiu a sua forma original, de um demônio. Ao ver a terrível forma do demônio, Balarama expressou em Sua face sintomas de dúvida. Balarama agarrou o demônio com Seu punho e lhe deu um feroz bofetão em sua cabeça. O bofetão de Balarama, despedaçou a cabeça do demônio Que começou a vomitar sangue. Pouco tempo depois, ele abandonou o corpo. Os vaqueirinhos e semideuses, começaram a glorificar intensamente o Senhor Balarama face a Seu feito e bravura.

Enquanto Krishna e Balarama e Seus amigos se ocupavam nos passatempos descritos acima, as vacas, sem serem observadas, começaram a vaguear por sua conta, entrando cada vez mais longe nas partes mais profundas da floresta, seduzidas pela relva fresca. A cabras, vacas e búfalos passaram de uma floresta para outra, e entraram na floresta e começaram a berrar. Do outro lado, Balarama e Krishna com Seus amiguinhos, não poderiam encontrar Seus animais, e ficaram muito aflitos. Começaram a procurar as vacas seguindo suas pegadas, bem como o caminho da relva comida. Todos os meninos temiam que seu próprio meio de vida, como do qual dependiam, agora estivesse perdido. Enquanto procuravam as vacas na floresta, ficaram muito cansados e com sede. logo, porém, ouviram os bezerros e as vacas. Krishna começou a chamar por seus respectivos nomes, com grande alarido. Ouvindo o chamado de Krishna, as vacas responderam imediatamente alegremente. Mas, nessa altura, um incêndio provocado pelos amigos demónios de Pralambasura na floresta, rodeava todos eles e a situação parecia muito amedrontadora. As chamas aumentavam com o vento que soprava com grande velocidade e parecia que tudo, móvel e inerte, seria devorado. Todas as vacas e meninos ficaram muito assustados, e olhavam Balarama e Krishna tremendamente assustados. Eles diziam: "Queridos Krishna e Balarama, agora estamos queimando no calor deste fogo ardente. Deixem que nos abriguemos em Vosso pés de lótus. Sabemos que Vocês podem nos proteger deste grande perigo. Nosso querido amigo Krishna, somos Seus amigos íntimos. não esta certo que soframos desta maneira. Todos dependemos por completo de Vossa misericórdia, pois sabemos que Você é o conhecedor de toda a vida Espiritual. Não conhecemos ninguém alem de Você.

A Personalidade de Deus Krishna ouviu as vozes suplicantes de Seus amigos íntimos, e, lançando um olhar agradável sobre eles, começou a responder. E falando através dos olhos, Krishna fez que Seus amigos entendessem não haver razão para medo. Então, Krishna, o místico Supremo, a Personalidade de Deus, engoliu imediatamente todas as chamas do incêndio devastador que os demónios companheiros cruéis de Pralambasura tinham cometido. Dessa maneira, as vacas os bezerros e os meninos, foram todos salvos do perigo iminente. por causa do medo os meninos estavam quase inconscientes, mas, quando recuperaram a consciência e abriram os olhos, viram que estavam de novo na floresta com Krishna, Balarama e as vacas e bezerros. ficaram completamente atónicos ao verem que estavam livres desse ataque cruel do fogo e que os animais estavam salvos. Eles pensaram secretamente que Krishna não poderia ser um menino comum, mas sim um enviado do mundo Espiritual.

E ao anoitecer, Krishna e Balarama junto com os meninos e as vacas e bezerros como outro animais que os seguiam, voltaram para casa, voltaram para a aldeia de Vrindavam.

Quando estavam se aproximando da aldeia, todas as meninas gopis ficaram contentes. Durante o dia inteiro, as gopis amigas de Krishna ficavam somente pensando nos passatempos de Krishna enquanto Ele estava na floresta com Seus amigos,  em Sua ausência, as gopis imaginavam que um momento sem a presença de Krishna duraria uma eternidade.

E assim termina mais um dos eternos passatempos do Senhor Krishna a Suprema Personalidade de Deus.

5489717_0PI30.gif

FotoFlexer_Photo.jpg

5489717_0PI30.gif

publicado por Lalanesha Dasa às 14:16

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )