*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Janeiro 13 2015

FotoFlexer_Photo.jpg

 Todo aquele que, através da boa associação, pode ver três elementos combinados - o corpo, o proprietário do corpo (ou a alma individual) e o amigo da alma individual - tem verdadeiro conhecimento. Quem não se associa com um verdadeiro conhecedor de assuntos Espirituais não pode ver estes três elementos. Aqueles que não cultivam esta associação são ignorantes; eles apenas vêem o corpo, e pensam que, quando o corpo é destruído, tudo se acaba. Mas não é esta a verdade dos fatos. Após a destruição do corpo, a alma e a Superalma continuam existindo, e elas perduram eternamente em muitíssimas outras formas móveis e imóveis. A  alma é o senhor do corpo e, após a destruição do corpo, ela se transfere para outra forma. Nesse aspecto, ela é Senhor. Alguém que pode ver e compreender dessa maneira, pode ver de fato o que está acontecendo.

Assim como o ar transporta os aromas, a entidade viva no mundo material leva de um corpo para outro suas diferentes concepções de vida. Com isso, ela aceita uma espécie de corpo e ao abandoná-lo volta a aceitar outro.

A entidade viva, ao aceitar sua existência material, situou-se numa posição que não é igual à sua existência Espiritual. Mas se alguém entende que, sob Sua manifestação da Super-Alma, o Supremo está situado em toda a parte, isto é, se ele pode ver a presença da Suprema Personalidade de Deus em cada entidade viva, ele não se deixa arrastar por uma mentalidade destrutiva, e portanto, pouco a pouco avança em direção ao mundo Espiritual. De um modo geral, a mente está apegada a processos para o prazer dos sentidos; mas quando a mente se volta para a Superalma, avança-se em compreensão Espiritual.

Quem pode ver que todas as actividades são executadas pelo corpo, que é uma criação da natureza material, e vê que o eu nada faz, vê de verdade.

Este corpo é feito pela natureza material sob a direcção da Superalma, e ninguém causa as actividades que acontecem com relação ao seu corpo. Tudo o que se faz, seja por felicidade, seja por sofrimento, ele o faz devido à sua constituição corpórea. O eu, porém, está alheio a todas estas actividades corpóreas. Recebe-se este corpo de acordo com os desejos passados. Recebe-se um corpo e, agindo em harmonia com sua constituição física, procura-se satisfazer os desejos. Falando de maneira prática, o corpo é uma máquina projectada pelo Senhor Supremo que serve para satisfazer desejos. Devido a estes desejos, a pessoa passa por circunstâncias difíceis, ora sofrendo ora desfrutando. Quando desenvolve esta visão transcendental, a entidade viva não se identifica com as actividades corpóreas. Quem tem essa visão é um verdadeiro vidente.

Quando alguém pode ver que os vários corpos das entidades vivas surgem devido aos diferentes desejos da alma individual e não pertencem de fato à alma em si, ele vê de verdade. Na concepção de vida material, achamos que alguém é um semideus, um ser humano, um cachorro, um gato, etc. Esta visão é material, mas não é a visão real. Esta diferenciação material deve-se a uma concepção de vida material. Após a destruição do corpo material, a alma espiritual é a mesma. A alma espiritual, devido ao contacto com a natureza material, adquire diferentes tipos de corpos. Quando alguém pode ver isto, atinge a visão Espiritual; libertando-se assim de diferenciações, tais como homem, animal, grande, baixo, etc., ele purifica sua consciência e, em sua identidade Espiritual, capacita-se a desenvolver a consciência de Krishna.

5489717_0PI30.gif

 

5489717_0PI30.gif

 

publicado por Lalanesha Dasa às 20:28

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )