*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Agosto 21 2014

 À medida que continua a ouvir sobre o Senhor Supremo, o devoto se ilumina. As escrituras Sagradas recomendam este processo de audição: “As mensagens da Suprema Personalidade de Deus são plenas em potências, e estas potências podem ser sentidas se os tópicos sobre a Divindade Suprema são discutidos entre os devotos. Isto não pode ser alcançado pela associação de especuladores mentais ou de estudiosos acadêmicos, pois é um conhecimento realizado”. 

Os devotos se ocupam constantemente no serviço do Senhor Supremo. O Senhor entende a mentalidade e a sinceridade de uma entidade viva que esteja em consciência de Krishna, e lhe dá inteligência para entender a ciência de Krishna na associação dos devotos. As discussões a respeito de Krishna são muito potentes, e se alguém tem a boa fortuna dessa associação e tenta assimilar o conhecimento, então, na certa progredirá rumo à compreensão Espiritual. O Senhor Krishna, a fim de estimular Arjuna a não parar de elevar-se no potente serviço ao Senhor, descreve no decorrer deste capitulo os assuntos mais confidenciais dentre todos os que revelara até então.

O início do Bhagavad-Gita, o Primeiro Capítulo, é praticamente uma introdução ao resto do livro; e o conhecimento Espiritual descrito no Segundo e Terceiro Capítulos é chamado confidencial. Os tópicos comentados nos Capítulos Sétimo e Oitavo relacionam-se especificamente com o serviço devocional e, porque nos iluminam em consciência de Krishna, são considerados mais confidenciais. Mas os assuntos descritos no Nono Capítulo tratam da devoção pura e imaculada. Portanto, ele é chamado o mais confidencial. Aquele situado no conhecimento mais confidencial acerca de Krishna alcança a transcendência e não tem mais angústias materiais, embora esteja no mundo material. Nas Escrituras Sagradas se diz que quem tem um desejo sincero de prestar serviço amoroso ao Senhor Supremo já é liberado, apesar de permanecer no estado de existência material condicionada. De modo semelhante, encontraremos no Bhagavad-Gita, Décimo Capítulo, que, qualquer um que adote tal ocupação é uma pessoa liberada.

O serviço devocional puro, consiste em nove actividades diferentes: ouvir, cantar, lembrar, servir, adorar, orar, obedecer, manter amizade e entregar tudo. Pela prática destes nove itens do serviço devocional, elevamo-nos à consciência Espiritual, consciência de Krishna. Quando a contaminação material é expurgada do coração, podemos entender esta ciência de Krishna. A simples compreensão de que a entidade viva não é material é insuficiente. Este talvez seja o começo da percepção Espiritual, mas deve-se reconhecer a diferença entre as actividades corpóreas e as actividades espirituais daquele que entende que não é seu corpo.

Krishna diz a Arjuna que este conhecimento é o rei da educação, o mais secreto de todos os segredos. É o conhecimento mais puro, e por conceder uma percepção directa do eu, é a perfeição da religião. Ele é eterno e é executado alegremente.

Este capítulo do Bhagavad-Gita é chamado o rei da educação porque é a essência de todas as doutrinas e filosofias já explicadas. Portanto o Senhor diz que este Capítulo é o rei de todo este conhecimento, a essência de toda a instrução que pode ser derivada do estudo dos Vedas e dos diferentes tipos de filosofia. É o mais confidencial porque o conhecimento confidencial ou transcendental envolve a compreensão da diferença entre alma e corpo. E o rei de todo o conhecimento confidencial culmina no serviço devocional.

De um modo geral, não se ensina este conhecimento confidencial; há apenas educação do conhecimento convencional. Quanto à instrução comum, as pessoas envolvem-se em tantos departamentos: política, sociologia, física, química, matemática, astronomia, engenharia, etc. Existem muitos departamentos de conhecimento espalhados pelo mundo, e muitas universidades colossais, mas infelizmente não há nenhuma universidade ou instituição educacional onde se ensine a ciência da alma espiritual. No entanto, a alma é a parte mais importante do corpo; sem a presença da alma, o corpo não tem valor algum. Mesmo assim, as pessoas dão grande ênfase às necessidades físicas da vida, e não se importam com a alma vital.

Bhagavad-Gita, especialmente do Segundo Capítulo em diante, realça a importância da alma. Logo no começo, o Senhor diz que este corpo é perecível e que a alma não é perecível. Esta é uma parte confidencial do conhecimento: saber apenas que a alma Espiritual é diferente deste corpo e que tem natureza imutável, indestrutível e eterna. Porém, isso não dá informação positiva sobre a alma. Às vezes, as pessoas têm a impressão de que a alma é diferente do corpo e que quando o corpo acaba, ou quando a pessoa se libera do corpo, a alma permanece no vazio e torna-se impessoal. Mas esta não é a realidade dos fatos. Como pode a alma, que é tão activa dentro deste corpo, ficar inactiva depois de liberar-se do corpo? Ela é sempre activa. Se é eterna, então é eternamente activa, e suas actividades no reino Espiritual são a parte mais confidencial do conhecimento Espiritual. Portanto, indica-se aqui que estas actividades da alma Espiritual são o rei de todo o conhecimento, a parte mais confidencial de todo o conhecimento. Este conhecimento é a forma mais pura de todas atividades, como explica os próprios textos védicos. E também neles analisam-se as actividades pecaminosas do homem e mostra-se que elas são o resultado de pecados consecutivos. Aqueles que se ocupam em actividades fruitivas estão enredados em diferentes fases e formas de reacções pecaminosas. Por exemplo, quando se planta a semente de uma determinada árvore, a árvore não parece crescer imediatamente; leva algum tempo. Primeiro, nasce um broto que depois assume a forma de árvore; em seguida, ela floresce e dá frutos, e, quando está completa, quem a semeou desfruta de suas flores e frutos. De modo semelhante, um homem executa um ato pecaminoso, e, como uma semente, leva tempo para este ato frutificar. Há diferentes etapas. Talvez o indivíduo tenha parado de cometer a acção pecaminosa, mas os resultados ou o fruto desta acção pecaminosa ainda não foram experimentados. Há pecados que ainda estão em forma de semente, e há outros que já amadureceram e estão dando fruto, que é experimentado como miséria e dor.

Quem eliminou por completo as reacções de todas as actividades pecaminosas e ocupa-se plenamente em actividades piedosas, liberando-se da dualidade deste mundo material, passa a prestar serviço devocional à Suprema Personalidade de Deus, Krishna. Em outras palavras, aqueles que estão realmente ocupados no serviço devocional ao Senhor Supremo já se liberaram de todas as reacções. 

Para aqueles que se ocupam no serviço devocional à Suprema Personalidade de Deus, todas as reacções pecaminosas _ frutificadas, armazenadas, ou em forma de semente _ desaparecem aos poucos. Portanto, a potência purificadora do serviço devocional é muito forte e é considerada a mais pura. As actividades devocionais nunca devem ser consideradas materiais, embora às vezes tenha-se a impressão de que os devotos estão ocupados como homens comuns. Aquele que consegue ver e que está familiarizado com o serviço devocional saberá que tais actividades não são materiais, mas sim espirituais e devocionais, não estando contaminadas pelos modos da natureza material.

Está dito que a execução do serviço devocional é tão perfeita que se podem perceber directamente os resultados. Pode-se perceber o resultado proveniente, e temos experiência prática de que, ao cantar os santos nomes de (Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare), não cometendo ofensas ao cantar, a pessoa sente um prazer transcendental e em breve purifica-se de toda a contaminação material. Isto é um fato comprovado. Ademais, se ele se ocupa não só em ouvir, mas também em tentar difundir a mensagem das atividades devocionais, ou se empenha em ajudar as actividades missionárias da consciência de Krishna, pouco a pouco experimenta progresso espiritual. Este aperfeiçoamento na vida espiritual não depende de nenhum tipo de instrução ou qualificação anterior. O próprio método é tão puro que é possível purificar-se pelo simples fato de ocupar-se nele. 

“O serviço devocional é tão poderoso que a iluminação ocorre pelo simples fato de ocupar-se em suas atividades, e quanto a isto não há dúvidas.” 

publicado por Lalanesha Dasa às 20:51

Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )