*Sejam*Bem-Vindos* A Morada Suprema do Amor a Deus *

Fevereiro 24 2017

IMG_6745.JPG

 Krishna a Suprema Personalidade de Deus no Bhagavad-Gītā capitulo 5, verso 26, conclui a seguinte afirmação: Aqueles que estão livres da ira e de todos os desejos materiais, que são auto-realizados, autodisciplinados, e empreendem um constante esforço em busca da perfeição, têm garantidos a liberação no Supremo num futuro muito próximo.

Entre as pessoas santas que se empenham constantemente na busca da salvação, aquele que está em consciência de Krushna é o melhor de todos. 

"Deve-se apenas adorar com serviço devocional, a Suprema Personalidade de Deus. Pois nem mesmo os grandes sábios são capazes de controlar as forças dos sentidos de maneira tão eficaz como aqueles que se ocupam em bem-aventurança transcendental, servindo aos pés de lótus do Senhor, desarraigando o inveterado desejo de atividades fruitivas.”

Na alma condicionada, o desejo de gozar os resultados fruitivos do trabalho é tão profundo e arraigado que, apesar de grandes esforços, até mesmo os grandes sábios têm muita dificuldade em controlar esses desejos. O devoto do Senhor, que sempre se ocupa no serviço devocional em consciência de Krishna e é perfeito em auto-realização, alcança mui rapidamente a liberação no Supremo. Devido a seu completo conhecimento em auto-realização, ele vive em transe.

Quem se ocupa em consciência de Krishna pode compreender de imediato sua identidade Espiritual, e depois passa a compreender o Senhor Supremo por meio do serviço devocional. Quando situado no serviço devocional, ele chega à posição transcendental, estando então qualificado a sentir a presença do Senhor na esfera das atividade. Esta posição específica chama-se liberação no Supremo. 

Após explicar os princípios da liberação no Supremo, o Senhor instrui como é que alguém pode chegar a esta posição pela prática do misticismo ou yoga em consciência de Krishna. Este processo de yoga ajuda a pessoa a libertar-se de todas as espécies de medo e de ira e assim sentir a presença da Superalma na situação transcendental. Em outras palavras, a consciência de Krishna é o processo mais fácil de executar os princípios de yoga. Todavia, quem é consciente de Krishna, estando sempre ocupado em serviço devocional, não se arrisca a perder seus sentidos em troca de alguma outra ocupação.

As almas condicionadas dentro das garras da energia ilusória estão todas ansiosas por obter paz no mundo material. Mas elas não conhecem a fórmula da paz, que é explicada nesta parte do Bhagavad-Gītā. A melhor fórmula da paz é simplesmente esta: o Senhor Krishna é o beneficiário de todas as atividades humanas. Os homens devem oferecer tudo em prol do serviço transcendental ao Senhor porque Ele é o proprietário de todos os planetas e dos semideuses que vivem neles. Ninguém é maior do que Ele. Ele é maior do que os maiores semideuses, como o próprio Senhor Shiva ou mesmo o Senhor Brahmā. Sob o encanto da ilusão, os seres vivos estão tentando assenhorear-se de tudo o que está ao seu redor, mas de fato eles são dominados pela energia material do Senhor. O Senhor é o dono da natureza material, e as almas condicionadas estão sob as estritas leis da natureza material. Sem compreender estes simples fatos, não é possível conseguir paz no mundo, seja individual seja coletivamente. Este é o discernimento da consciência de Krishna: o Senhor Krishna é o predominador Supremo, e todos os seres vivos, incluindo os grandes semideuses, são Seus subordinados. Pode-se alcançar perfeita paz somente em completa consciência de Krishna. Ou seja, aceitar ser instruido pelo próprio Senhor. No Bhagavad-Gītā encontram-se todos os requisitos necessários pra tal realização na consciência de Krishna.

 Consciência de Krishna significa trabalhar com pleno conhecimento da nossa relação com o Supremo Absoluto, e a perfeição desta consciência é o pleno conhecimento sobre Krishna, ou a Suprema Personalidade de Deus. Uma alma pura serve eternamente a Deus como Sua parte integrante fragmentária. Ela entra em contato com māyā ou (ilusão) devido ao desejo de assenhorear-se de māyā (ilusåo), e esta é a causa de seus muitos sofrimentos. Enquanto está em contato com a matéria, ela tem de executar trabalho que visa a satisfazer suas necessidades materiais. No entanto, com a consciência de Krishna ela ingressa na vida Espiritual, mesmo enquanto está dentro da jurisdição da matéria, pois aprende a viver no mundo material, despertando sua existência Espiritual. Quanto mais está adiantada, mais se liberta das garras da matéria. O Senhor não é parcial com ninguém. Tudo depende do cumprimento prático dos próprios deveres em consciência de Krishna, que ajuda a pessoa a controlar os sentidos em todos os aspectos e dominar a influência do desejo e da ira. E quem se fixa em consciência de Krishna, controlando as paixões acima mencionadas, permanece de fato no plano transcendental, ou brahma-nirvāṇa. Em consciência de Krishna, é automática a prática do misticismo da yoga óctupla, porque se cumpre o propósito último. Há um processo de elevação gradual na prática dos varios ashanas de yoga. Mas estes constituem um mero prelúdio da perfeição. Somente é através do serviço devocional em consciência de Krishna, que uma pessoa encontra o único meio que pode conceder a paz ao ser humano. Esta é a mais elevada perfeição da vida.

IMG_5863.JPG

publicado por Lalanesha Dasa às 21:42

Intercâmbios
Este Album abaixo, esta para download gratuitamente é só clicar no ícone ( Lalanesha in Concert Mantras )